Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Serralves inaugura amanhã percurso elevado com 250 metros de comprimento

A Fundação de Serralves vai inaugurar na sexta-feira um percurso elevado ao nível da copa das árvores com 250 metros de comprimento, cujo objetivo é "valorizar e preservar o património natural", afirmou hoje um responsável da fundação.

Serralves inaugura amanhã percurso elevado com 250 metros de comprimento
Notícias ao Minuto

06:30 - 12/09/19 por Lusa

Cultura Serralves

Em entrevista à Lusa, Rui Costa, o diretor de recursos e projetos especiais da Fundação de Serralves, explicou hoje que o objetivo deste passadiço é "valorizar" o espaço natural do parque e, permitir que os visitantes tenham acesso a uma "parte de Serralves que não estão habituadas a ter".

"Há aqui um confluir de matérias que tornam oportuno um equipamento como esta estrutura, que é inovadora no panorama nacional pelo facto de se tratar de um percurso elevado e que permite a elevação de uma parte do parque de Serralves", disse.

O percurso, intitulado 'Treetop Walk', é totalmente nivelado ao longo dos 250 metros de comprimento, sendo que a sua altura vai variando ao longo do trajeto entre os 1,50 e 25 metros.

Através deste percurso que, com vista para o parque de Serralves permite também, em certos locais, avistar o mar e tocar nas copas das árvores, a Fundação de Serralves pretende "ampliar os seus projetos educativos" e contribuir para o estudo e observação do património natural.

"É importante referir que Serralves tem programas educativos muito amplos e esta será uma oportunidade também, desse ponto de vista, poder aproveitar para os seus programas educativos e ainda da investigação científica, que nos parece relevante, pois permitirá uma observação da vegetação e um estudo da vegetação desse ponto de vista", frisou Rui Costa.

Também presente na visita esteve o arquiteto Carlos Castanheira, que em colaboração com o arquiteto Álvaro Siza Vieira, projetou este percurso "tão diferente" e perto "das copas das árvores".

À Lusa, o arquiteto admitiu que uma das grandes preocupações com este projeto foi o "não danificar o ecossistema" e contribuir para que pudesse ser "sustentável".

"Havia duas premissas importantes, a primeira era não interferir no ecossistema e a outra, era usar materiais recicláveis e até em alguns, grande parte deste projeto usamos madeira reciclável para que aqui pudesse ser sustentável e um exemplo de como se devem fazer certas obras", concluiu.

Esta sexta-feira, às 18h30, a Fundação de Serralves, juntamente com o Fundo Ambiental do Estado e com o apoio da Ascendi vai inaugurar "oficialmente" o Treetop Walk Serralves.

À Lusa, Rui Costa avançou que no sábado, as pessoas podem visitar "gratuitamente" este percurso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório