Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

Arquitetos portugueses mostram as suas "cabanas" em Paris

Arquitetos portugueses mostram a partir de hoje em Paris as suas versões de Cabanon, uma obra de referência de Le Corbusier pelo seu aspeto minimalista e funcional, na exposição 'Still Cabanon', patente na Vertbois Gallery até 5 de outubro.

Arquitetos portugueses mostram as suas "cabanas" em Paris
Notícias ao Minuto

18:00 - 05/09/19 por Lusa

Cultura Arquitetura

"Tivemos a ideia de promover a arquitetura, a arte e o design português em Paris. As expectativas para a exposição são boas, porque as relações que temos aqui não só com a arquitetura, mas com o mundo das artes, são boas. Como é uma exposição abrangente, é um bom pontapé de saída", disse José Maria Ferreira, proprietário da empresa Much more than a window e mecenas desta exposição.

"Still Cabanon", que mostra os projetos e as reinterpretações de vários arquitetos, começou por ser apresentada na Bienal de Coimbra em 2017 e já passou por Matosinhos e Lisboa, chegando agora a Paris.

Assim a nomes portugueses como Eduardo Souto Moura ou José Pedro Croft, junta-se o arquiteto francês Jean Christophe Quinton, entre outros artistas franceses.

Cabanon (ou "cabana", em português,) foi projetado e construído pelo arquiteto suíço Le Corbusier em 1951 em Roquebrune-Cap-Martin, no Sul de França. Este espaço, de apenas 15 metros quadrados, tornou-se uma das referências da arquitetura moderna.

"Todos os arquitetos têm nesta obra de Corbusier uma espécie de elemento matricial absoluto. É uma casa a onde os arquitetos sempre retornam conceptualmente porque concentra naquele projeto as questões essenciais da arquitetura. É um abrigo intemporal e contemporâneo", explicou Carlos Antunes, arquiteto do Atelier Corvo que fez a curadoria desta exposição.

Para Carlos Antunes, a migração desta exposição para Paris é "uma condição essencial" e as soluções encontradas pelos 20 arquitetos e artistas reunidos nesta exposição surpreendem quem visita.

"A multiplicidade das soluções encontradas é muito interessante. São as soluções mais variadas já que em arquitetura não há uma forma única para resolver um problema", indicou.

A exposição em Paris vai ser ainda acompanhada por um ciclo de conferências. Já este fim de semana as conversas são em parceria com a feira Maison & Objet, uma das maiores feiras mundiais de móveis e decoração.

Os arquitetos e artistas representados nesta exposição são Aires Mateus, Ângela Ferreira, Armando Rabaça, Atelier Do Corvo, Carvalho Araújo, Gabriela Vaz-Pinheiro, Didier Fiúza Faustino, Eduardo Souto Moura, Inês Moreira, Fernanda Fragateiro, Fernando Brízio, José Bártolo, Filipe Alarcão, João Luís Carrilho Da Graça, José M. Pinto, João Mendes Ribeiro, José Pedro Croft, Magda Seifert, Nuno Sousa Vieira, Patrícia Barbas Lopes, Pedro Pousada, Paula Santos, Pedro Brígida, Sara Castelo Branco, Ga Estudio, Jérémy Pajeanc.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório