Meteorologia

  • 20 JULHO 2019
Tempo
25º
MIN 22º MÁX 29º

Edição

"Ironia, humor e desamor". Maria Imaginário toma conta do Gaiashopping

Ballon Festival está em exposição no Gaiashopping até ao dia 30 de junho. As obras são da artista plástica Maria Imaginário, que pretende, no seu trabalho, exaltar a "ironia, humor, amor e também desamor".

"Ironia, humor e desamor". Maria Imaginário toma conta do Gaiashopping
Notícias ao Minuto

19:10 - 02/06/19 por Filipa Matias Pereira 

Cultura Maria Imaginário

E se lhe disséssemos que o Gaiashopping desenvolveu uma iniciativa que pretende relembrar a importância de sermos felizes e nunca deixarmos de dar asas à imaginação? Esse é exatamente o propósito do Balloon Festival - um festival de alegria que vai incentivar os visitantes a continuar a procurar momentos de lazer e entretenimento que potenciem a felicidade. 

Com efeito, do dia 1 ao dia 30 de junho, o centro comercial está de portas abertas a um festival de alegria, repleto de cor e com muitos momentos que irá certamente querer partilhar no seu perfil de Instagram. Se visitar o Gaiashopping por estes dias, irá ter oportunidade de vislumbrar objetos de grande dimensão, impacto visual. Falamos de obras de arte da artista plástica Maria Imaginário que estão espalhadas pelo Centro.

Mas quem é Maria Imaginário? Foi precisamente o que o Notícias ao Minuto quis saber.

A artista plática vive e trabalha entre Lisboa e Londres e o seu trabalho tem sido exposto em feiras de arte e galerias comerciais desde 2008 em Londres, Lisboa, Paris, Milão, Roma, Lyon, Miami, Atlanta e San Diego. É representada pela Underdogs Gallery em Lisboa e "desenvolveu um imaginário repleto de cor e profundidade, capaz de transmitir mensagens emocionais e plenas de significado. Ao longo dos últimos tempos, decidiu transformar estas histórias em experiências imersivas, desafiando os limites dos meios com que habitualmente trabalhava. As suas propostas em espaço público sugerem ironia, humor, amor e também desamor".

Notícias ao MinutoBallon Festival em exposição no Gaiashopping © Balloon Festival

Em declarações ao Notícias ao Minuto explicou ainda que, no que ao seu trabalho diz respeito, deseja que este permita aos recetores fazer "um regresso à infância e isso é muito mais importante do que ser infantil ou não. Quero criar mundos onde todos podem entrar para saírem do mundo habitual".

Já relativamente ao interesse pela arte, Maria Imaginário não consegue localizar temporalmente quando este terá surgido. "É algo que me é intrínseco, não é possível definir uma data de quando começou este interesse, lembro-me dele desde sempre", revelou.

Para o Balloon Festival, a portuguesa idealizou instalações de arte "onde o público possa participar", já que isso "tem uma importância social enorme". Daí "procurar que as intervenções em espaços menos convencionais apresentem a possibilidade de um mundo alternativo numa situação habitual, como é o caso do GaiaShopping e da iniciativa do Balloon Festival. Essa surpresa pode quebrar a rotina e impactar de forma positiva as pessoas e também o espaço. Para mim é importante chegar a todas as pessoas, não só a um público que já visita galerias ou a um circuito artístico institucional".

O que vai encontrar? 

'O três cabeças com infinitas alegrias' é a explosão que tem lugar na Praça Central. Trata-se, com efeito, de uma instalação artística de grandes dimensões que contém três cabeças e seis personagens. Estas, por sua vez, têm como objetivo primordial "transmitir diferentes tipos de felicidade e uma infinita energia imaginária de alegria", pode ler-se em comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. Por baixo desta peça, pode ainda encontrar um 'mundo' de cores na piscina de bolas que ocupa a praça.

Notícias ao MinutoUma das instalações que poderá ver em exposição © Balloon Festival

Mas há mais. Nos corredores poderá também encontrar um 'Arco-Íris' e uma 'Vórtex Imaginária'. A primeira instalação oferece um corredor colorido composto por "seis arcos insufláveis que vão invadir a alma e o coração de todos os que por lá passarem, ao viverem uma recriação do 'Arco-Íris', uma metáfora à euforia que o aparecimento do sol no fim da tempestade nos provoca".

Já a 'Vórtex Imaginária', "composta por seis hexágonos gigantes, cria movimentos espirais em torno de um só centro de rotação, traduzindo-se num vórtex de felicidade. Neste corredor, os visitantes são convidados a circular à volta da instalação para visualizar corretamente todos os seus ângulos e criar as suas próprias personagens instagramáveis".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório