Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

Jardim do Museu de Lisboa acolhe exposição Borderlovers

Uma exposição de pinturas com colagens da autoria do coletivo artístico Borderlovers, inspirada em autores e locais de Lisboa, vai ser apresentada no jardim do Museu de Lisboa - Palácio Pimenta, a partir de 10 de maio.

Jardim do Museu de Lisboa acolhe exposição Borderlovers
Notícias ao Minuto

12:17 - 04/05/19 por Lusa

Cultura Pintura

"Sempre chegamos ao sítio aonde nos esperam (autores em Lisboa)" dá título a esta mostra dos artistas Pedro Amaral e Ivo Bassanti, com curadoria de João Pinharanda, que é inaugurada às 18:30 da próxima sexta-feira, e ficará patente até 28 de julho deste ano.

Através da colagem direta nas paredes dos jardins do Palácio de abundantes pinturas de grande formato, alusivas a autores, cenas e locais de Lisboa, os artistas Pedro Amaral e Ivo Bassanti traçam uma viagem pessoal iconográfica pela história das personalidades da cultura erudita e popular de Lisboa, do final do século XIX ao início do século XXI.

Esta mostra, com entrada livre, é apresentada sob a égide de José Saramago (1922-2010), autor da frase que lhe dá título, e de Sophia de Mello Breyner Andresen, no ano do centenário do seu nascimento.

O coletivo artístico Borderlovers também irá apresentar, a partir de 14 de maio, na sala de exposições do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, em Lisboa, trabalhos elaborados no âmbito de um projeto concebido para as paredes da cidade de Paris, em 2017, e produzido pelo Centro Cultural Camões em Paris.

Sob o tema 'La Rue', as intervenções foram sobretudo de elaboração e colagem de pinturas originais no exterior, e performances de rua em homenagem a mais de uma vintena de autores e artistas portugueses que viveram e trabalharam em Paris, entre o século XIX e o início do século XXI.

Dois anos depois, são agora apresentados muitos originais nunca colados, bem como vasta documentação vídeo e diaporamas fotográficos do conjunto dessas ações na exposição "Sempre chegamos ao sítio aonde nos esperam, autores em Lisboa".

Pedro Amaral e Ivo Bassanti dedicam este trabalho às memórias de Susete Amaral e de Ivone Moreira, que os "ensinaram a ver a cidade", de acordo com a organização.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório