Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 20º

Edição

Fundão recebe retrospetiva "quase integral" do cinema de Billy Woodberry

O realizador norte-americano Billy Woodberry, um dos nomes do movimento de cineastas afro-americanos 'L.A. Rebellion', vai estar nos Encontros Cinematográficos do Fundão, que decorrem entre sexta-feira e domingo, anunciou a organização.

Fundão recebe retrospetiva "quase integral" do cinema de Billy Woodberry
Notícias ao Minuto

20:15 - 24/04/19 por Lusa

Cultura Filmes

"Movidos pelo encontro entre pessoas, filmes, cineastas e cinéfilos de todo o mundo, nesta nona edição destaca-se uma retrospetiva quase integral de Billy Woodberry, um dos grandes realizadores afro-americanos a (re)descobrir e um dos nomes maiores do 'L.A. Rebellion', um movimento de cinema libertário, política e poeticamente empenhado", é referido em comunicado enviado à agência Lusa.

A iniciativa realiza-se pelo nono ano consecutivo e é organizada pela Associação Luzlinar e pelo Município do Fundão, com a colaboração da Cinemateca Portuguesa, do Goethe Institute e da revista Walden.

O evento, que leva até àquela cidade do distrito de Castelo Branco um cartaz com "propostas cinematográficas singulares", que permitem uma viagem por "diferentes geografias e nacionalidades", também reunirá um "grupo heterogéneo de cineastas, críticos, programadores, académicos, estudantes e cinéfilos".

Entre os participantes estão os nomes dos realizadores como Hiroatsu Suzuki, Rossana Torres, Mieriën Coppens, Billy Woodberry, Sílvia das Fadas e Peter Nestler.

Juntam-se-lhe escritores como Manuel da Silva Ramos, Rui Pelejão, H.M.S. Pereira e Rinaldo Censi, bem como críticos e programadores como Andy Rector, Maria João Madeira, Inês Sapeta Dias, José Oliveira, Stefan Ramstedt, Rita Bernardes e Pedro de Llano.

"Nas diferentes geografias e nacionalidades de filmes e convidados, é pela poesia e pela liberdade que iremos à 'Terra' de Hiroatsu Suzuki e Rossana Torres, à 'loucura' de Bob Kaufman em 'And when I die, i won´t stay dead' ou de Charles Bukowski num projecto colectivo com filmes de vários realizadores portugueses que filmam com o que têm à mão, ao microcosmos negro de Mieriën Coppens, às utopias sem fins lucrativos de Sílvia das Fadas, Peter Nestler ou Robert Beavers", acrescenta a organização.

Os encontros começam na sexta-feira, com projeções e uma conversa a decorrer no auditório do Agrupamento de Escolas do Fundão.

Às 10h00 e às 14h30, será exibido o filme "Terra", de Hiroatsu Suzuki e Rossana Torres, com a presença destes realizadores.

No sábado, às 09h30, o filme "Terra" volta a ser exibido, seguindo-se, às 10h30, a conversa com Hiroatsu Suzuki, Rossana Torres e Pedro de Llano. Para as 11h30, está agendada a exibição do filme "Tenryu-ku Okuryoke Osawah Bessho Tea Factory", de Hori Teiichi.

Ainda no sábado, às 15h00, são exibidos os filmes "Carry On" e "Almost at Rest", de Mieriën Coppens e "The Pocketbook" e "Bless Their Little Hearts", de Billy Woodberry.

Depois, às 17h30, Mieriën Coppens, Rinaldo Censi, Billy Woodberry e Andy Rector vão partilhar um encontro, com moderação de Sílvia das Fadas.

Às 21h30, será apresentado "Marseille, Aprés la Guerre" e "And When I Die, I Won't Stay Dead", de Billy Woodberry. O encontro seguinte está marcado para as 23h30, com a presença de Billy Woodberry e Andy Rector e moderação de Rita Bernardes.

No domingo, às 11h00, está marcada a iniciativa "33 Poemas de Bukowski" por H.M.S. Pereira, que é seguida de um encontro com H.M.S. Pereira, Manuel da Silva Ramos, Paulo Fernandes e José Oliveira, que conta com moderação de Rui Pelejão.

A exibição de "Bukowski em Portugal", de H.M.S. Pereira, está marcada para as 12h00. Segue-se, às 15h00, "A Casa, A Verdadeira e a Seguinte, Ainda Está por Fazer", de Sílvia das Fadas, e "Zeit", de Peter Nestler. Às 16h30, Sílvia das Fadas, Stefan Ramstedt e Peter Nestler vão partilhar uma conversa moderada por Inês Sapeta Dias.

A fechar, às 17h30, será exibido "Work Done" de Robert Beavers.

As sessões decorrem na Moagem Cidade do Engenho e d'Artes e têm entrada gratuita.

O norte-americano Woodberry segue, depois, para Lisboa, onde vai apresentar os mesmos quatro filmes exibidos no Fundão, desta feita na Cinemateca Portuguesa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório