Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Maria João e músicos de Portishead e Radiohead no 'Ovar em Jazz'

O 'Ovar em Jazz' arranca na quinta-feira e, até domingo, levará a diferentes espaços da cidade propostas de artistas como a cantora Maria João, o pianista Stefano Battaglia, o saxofonista Ricardo Toscano e músicos das bandas Portishead e Radiohead.

Maria João e músicos de Portishead e Radiohead no 'Ovar em Jazz'
Notícias ao Minuto

11:52 - 08/04/19 por Lusa

Cultura Aveiro

A segunda edição da iniciativa resulta da programação em rede promovida pela Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro e, segundo disse à Lusa o vereador da Cultura na Câmara de Ovar, Alexandre Rosas, envolve "quatro dias intensos de jazz" mediante "propostas programáticas que pretendem ir ao encontro de profissionais e amadores, crianças e adultos, conhecedores e curiosos, em ambientes mais formais ou no canto do bar".

Os espetáculos passarão pela Escola de Artes e Ofícios de Ovar e pelo Centro de Arte, onde as atuações da sala principal serão complementadas com 'jam sessions' (sessões de improvisação musical) na cafetaria desse espaço cultural - numa oferta que prevê desde entrada gratuita até concertos ao preço máximo de 10 euros.

"Depois do sucesso da primeira edição, renovámos a aposta no jazz, trazendo a Ovar grande nomes nacionais e internacionais deste género musical e apresentando ainda espetáculos únicos como o da banda Get The Blessing com a Orquestra Camerata da Escola Profissional de Música de Espinho", realçou Alexandre Rosas.

O primeiro concerto do "Ovar em Jazz" é pelo saxofonista português Ricardo Toscano, que, segundo a organização do evento, "é considerado o jovem prodígio do jazz". Em Ovar, atuará com o seu quarteto, cuja formação inclui o pianista João Pedro Coelho, o contrabaixista Romeu Tristão e o baterista João Pereira.

"Frescura, energia e entrega são esperados num dos mais entusiasmantes grupos em atividade. A linguagem adotada é a do 'bebop' e do pós-pop, com claras influências de Charlie Parker e um reportório de originais e composições históricas que vai até Ornette Coleman", revela o descritivo do concerto.

Já na sexta-feira, o palco caberá à Orquestra Camerata da Escola Profissional de Música de Espinho e ao grupo Get the Blessing, que, formado em 2000 na cidade britânica de Bristol, se apresenta com Jake McMurchie no saxofone e eletrónica, Pete Judge no trompete e eletrónica, Clive Deamer na bateria e Jim Barr no baixo.

"São quatro grandes músicos, sendo que alguns fazem ainda parte de outras formações, como é o caso de Jim Barr, que integra os Portishead, e como acontece também com Clive Deamer, que faz parte dos Portishead e dos Radiohead", disse Alexandre Rosas.

O pianista italiano Stefano Battaglia atuará, por sua vez, no final da tarde de sábado, com a organização a antecipar "uma performance em que a leveza e a originalidade na abordagem às teclas promete liberdade para o improviso".

Com formação erudita, Stefano Battaglia é apontado por Alexandre Rosas como "um dos mais importantes músicos da editora ECM Records" e, além do referido concerto de entrada livre, também dinamizará em Ovar, no domingo, um 'workshop' gratuito para músicos maiores de 16 anos - o que implica inscrição prévia junto do Centro de Arte por ter lotação limitada a 12 pessoas.

Também no sábado, mas à noite, o "Ovar em Jazz" recebe ainda Maria João e a Orquestra de Jazz de Matosinhos. O concerto irá revisitar o álbum "Amoras e Framboesas", que, desde a sua edição conjunta em 2011, já levou a "diversos festivais de jazz nacionais e internacionais" uma combinação própria de canções do cancioneiro popular brasileiro, standards de jazz norte-americano e criações da dupla Maria João e Mário Laginha.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório