Meteorologia

  • 18 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Salvador Sobral atua em fevereiro no Barbican Centre em Londres

O cantor português Salvador Sobral atua em fevereiro do próximo ano no Barbican Centre, em Londres, no âmbito de uma "longa digressão internacional", que realiza na sequência da edição do álbum "Paris, Lisboa", foi hoje anunciado.

Salvador Sobral atua em fevereiro no Barbican Centre em Londres
Notícias ao Minuto

15:00 - 04/04/19 por Lusa

Cultura Cantor

"Acabou de editar 'Paris, Lisboa', a partir do qual sairá para uma longa digressão internacional, e na agenda Salvador Sobral já tem viagem marcada para Londres, onde se apresentará em concerto pela primeira vez a 20 de fevereiro de 2020. A sala escolhida para acolher o primeiro concerto do cantor português em terras de Sua Majestade é o icónico Barbican Centre", refere a empresa de agenciamento e produção cultural Fado in a Box num comunicado hoje divulgado.

Os bilhetes para o concerto estarão à venda a partir de sexta-feira.

"Paris, Lisboa", o segundo álbum de Salvador Sobral, apresenta um som "mais maduro", com várias influências e a participação de "imensos amigos", e no qual o cantor continua "à procura".

O disco surge três anos depois de "Excuse Me", no qual o cantor cruzava referências de uma vida, do jazz de Chet Baker aos clássicos brasileiros de Dorival Caymmi, e quase dois anos depois de ter vencido o Festival Eurovisão da Canção, com a música "Amar pelos dois", composta pela irmã, Luísa Sobral, tornando-se no primeiro português a alcançar tal feito.

No segundo álbum, "os músicos são basicamente os mesmos, o som da banda é o mesmo" que no primeiro, mas "um bocadinho mais maduro", afirmou o cantor em entrevista à Lusa.

"Paris, Lisboa", cujo título é, em parte, uma homenagem a "Paris, Texas", de Wim Wenders, o "filme preferido" de Salvador Sobral é um "disco de influências", mas também um disco no qual o cantor continua "à procura".

"Eu estou sempre à procura na música que faço e espero continuar sempre. Nunca vou encontrar verdadeiramente aquilo que quero fazer, porque gosto de fazer tantas coisas, mas acho que é uma incoerência artística saudável", partilhou.

No alinhamento dos concertos do cantor já têm entrado também algumas das 12 canções que compõem "Paris, Lisboa".

Entre os amigos que se juntaram a Salvador Sobral, na conceção e produção do disco, estão o baterista Joel Silva, o pianista Júlio Resende, os cantores Luísa Sobral e António Zambujo, o contrabaixista André Rosinha e o guitarrista André Santos.

Atualmente, o cantor está em digressão na Polónia, onde tem atuações marcadas em Cracóvia, Katowice, Wroclaw e Varsóvia.

"Ainda este mês o cantor atua em Portugal, na cidade de Viseu (20 de abril), e segue depois para uma digressão de dez concertos na Alemanha e Suíça (entre 23 de abril e 01 de maio)", refere a Fado in a Box.

Em maio, Salvador Sobral estreia-se nos Coliseus de Lisboa (dia 10) e Porto (dia 11). Antes, a 03 de maio, atua no Teatro das Figuras, em Faro.

Durante este ano, o músico "voltará a Espanha para visitar ou revisitar salas por onde passou em 2018, entre elas o icónico Palau de la Música Catalana em Barcelona, e viajará pelo Mundo, com concertos já confirmados nos países bálticos e Finlândia".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório