Meteorologia

  • 22 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 15º

Edição

Anjos comemoram 20 anos e o arranque da festa foi de arromba

No último sábado, os irmãos Rosado subiram ao palco do Coliseu AGEAS Porto para darem o pontapé inicial na Tour Anjos 20 anos que celebra o 20º aniversário da carreira da dupla. As fãs deliciaram-se com o regresso ao passado, sem nunca descurar o presente.

Concerto dos Anjos no Coliseu do Porto

Notícias ao Minuto

18:00 - 26/03/19 por Patrícia Martins Carvalho 

Cultura Espetáculo

"Hoje vai ser um 'Revenge of the 90's' mas que se prolongará até à atualidade". Foi desta forma que Nelson Rosado nos descreveu, no sábado à tarde, aquela que era a sua expetativa para o espetáculo daquela noite. E acertou em cheio. Mas vamos 'começar pelo princípio'.

O início da noite de sábado na Rua de Passos Manuel, no centro do Porto, foi movimentado. Filas e filas de pessoas acumulavam-se no passeio e todas tinham o mesmo destino: o Coliseu AGEAS Porto.

Passavam poucos minutos das 22h00 e o Coliseu impacientava-se. A casa não esgotou, mas estava bem composta e tudo para assistir ao arranque da Tour Anjos 20 anos que assinala o 20.º aniversário da carreira da dupla.

Antes de os irmãos Rosado terem subido ao palco, a jovem Diana Lima ajudou o público a aquecer as vozes com temas como 'Se Tudo Mudar' ou 'Já Não Dá'.

Notícias ao MinutoDiana Lima© Notícias ao Minuto

Mas as fãs impacientavam-se. Com todo o respeito pela jovem Diana, quem ali estava queria era ver os seus ídolos de há muitos anos. Na primeira fila conversava-se e preparavam-se as demonstrações de carinho enquanto os Anjos não subiam ao palco.

Notícias ao Minuto© Notícias ao Minuto

As luzes apagaram-se e a histeria – moderada porque já são 20 anos que ‘pesam’ nas costas das fãs e, por isso, já não estamos para exageros – apoderou-se de quem se deslocou ao Coliseu.

Entrou o Sérgio, entrou o Nelson. Soaram os primeiros acordes e as mulheres, homens, jovens e crianças que se encontravam na plateia acompanharam com distinção a letra da música ‘Quando fores grande’.

"Os pais vêm curtir as músicas dos anos 90 e os miúdos vêm pelas músicas mais recentes", explicaram-nos os irmãos.

Seguiram-se os velhinhos mas bem conhecidos temas ‘Quero Voltar’, ‘Numa Noite ao Luar’, ‘Noites Sem Fim’, ‘Nesta Noite Branca’ e ‘Perdoa’ e até tivemos direito a um ‘cheirinho’ a coreografia – aquela moda que marcou as bandas que surgiram nos anos 90.

Notícias ao Minuto© Notícias ao Minuto

Atrás dos dois irmãos um ecrã que mostrava os videoclipes e outras atuações feitas ao longo de duas décadas. Era ouro sobre azul para as fãs: o presente, ao vivo e a cores, e o passado mesmo ali à frente à distância de um curto desvio de olhar.

As fãs (e nós também, afinal quem não conhece as músicas mais antigas?!) cantavam de alegria e os manos Rosado sorriam de felicidade – o espelho daquela que tem sido a relação entre ambos.

A Tour Anjos 20 Anos não começou no Porto por acaso, foi uma “homenagem” a uma região do país que tantas vezes e tão bem os recebeu, explicou o Nelson que, horas antes do concerto, nos disse sentir uma certa "ansiedade" pelo início do espetáculo.

"São muitos meses a trabalhar para que tudo dê certo, para que cheguemos aqui e consigamos apresentar um espetáculo próximo da perfeição, mas estamos muito contentes com o resultado final", garantiram-nos.

Notícias ao MinutoEm entrevista antes do concerto© Notícias ao Minuto

Mas regressemos ao espetáculo. O concerto avançou contando a história da banda e revisitando, por ordem cronológica, os álbuns lançados. No total foram 42 as músicas que os manos Rosado interpretaram na noite de sábado – algumas de forma mais divertida, outras de forma mais intimista.

Várias foram as vezes em que o Sérgio e o Nelson se calaram para ouvir os fãs cantar e nunca se arrependeram. Volvidas duas décadas toda a gente continua a saber de cor as letras das músicas e nem nas mais recentes as fãs vacilaram (já nós...).

O ponto alto da noite, tal como o Nelson e o Sérgio já nos tinham dito, foi o encore e, claro, a mais recente composição do Sérgio - ‘Eterno’.

“Hoje vai ser uma noite de muitas emoções”, havia dito o Sérgio e realmente não se enganou. A viagem pela carreira dos dois irmãos foi, para muitas pessoas, uma viagem pela sua própria vida, foi um reviver de recordações passadas.

O tema ‘Eterno’ - escrito pelo Sérgio para o dia do seu casamento – foi cantado com a ajuda do Saint Dominic’s Gospel Choir do Porto e, já no final do concerto, cantado de uma forma mais intimista, mais tranquila, mais romântica. As fãs não falharam uma única palavra da letra da música.

Ao longo do concerto houve momentos divertidos protagonizados pelos dois artistas, numa dinâmica de irmãos bem conhecida do público, e na hora da despedida os agradecimentos de quem espera ter mais 20 anos de carreira. “Ou, pelo menos, mais dez”, brincou o Nelson.

À saída do Coliseu o ambiente era de satisfação. Os Anjos cumpriram o que prometeram, não defraudando as expetativas de quem viajou até ao centro da Invicta para os ver atuar - e houve quem viesse de fora do país para assistir ao arranque da Tour Anjos 20 anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório