Meteorologia

  • 19 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

The Legendary Tigerman vai dar 22 concertos em nova digressão europeia

O músico português The Legendary Tigerman inicia em março uma nova digressão europeia com mais de 20 concertos para mostrar 'Misfit', o álbum que editou há um ano, foi hoje anunciado.

The Legendary Tigerman vai dar 22 concertos em nova digressão europeia
Notícias ao Minuto

18:00 - 04/02/19 por Lusa

Cultura Música

A nova digressão começa a 12 de março em Newcastle, no Reino Unido, e estender-se-á até maio, com passagem por França, Suíça, Alemanha e Espanha. Grande parte das datas concentra-se em março.

The Legendary Tigerman, ou seja, Paulo Furtado, editou 'Misfit' em janeiro de 2018 no mercado português e desde então tem sido lançado de forma faseada noutros países, como Espanha, França, Brasil e Estados Unidos.

Com 'Misfit', tem passado o último ano em palco, atuando em Portugal e no estrangeiro, o que faz com que esta seja apresentada como "a maior digressão internacional" de The Legendary Tigerman.

Segundo a promotora, o músico já esteve por duas vezes em França e passou pelo Reino Unido, Suíça, Holanda, Bélgica, Luxemburgo, Espanha, Brasil, Macau e China.

'Misfit' foi composto durante uma viagem de Paulo Furtado aos Estados Unidos com o realizador Pedro Maia e a fotógrafa Rita Lino.

Na altura fizeram um filme, 'Fade into nothing', que serviria de inspiração, juntamente com a própria viagem, para a composição dos temas novos. Paulo Furtado voltou aos Estados Unidos mais tarde, já com os músicos Paulo Segadães e João Cabrita, e gravou o álbum no estúdio Rancho de la Luna, em Joshua Tree, Califórnia.

"Escrevi todas as canções enquanto estava em rodagem e dentro desta mentalidade do 'misfit' [desenquadrado]. Quando usas uma máscara continuas a ser tu que está por detrás dessa máscara. A maior parte das coisas foram escritas por mim, com os diários, que se cruzavam com as letras", contou na altura à agência Lusa.

Influenciado pelos blues americanos, pelo punk e pelo rock'n'roll, Paulo Furtado admitiu que só recentemente quis gravar nos Estados Unidos, por receio de redundância e de não ter certezas absolutas da linguagem que queria seguir. "Precisei destes anos para ter essa certeza", disse.

Com 'Misfit', o 'one man band' "continua mais ou menos mascarado" no meio deste trio, com o baterista Paulo Segadães e o saxofonista João Cabrita, e que se alarga a quarteto, ao vivo, com o baixista Filipe Rocha.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório