Meteorologia

  • 20 ABRIL 2019
Tempo
23º
MIN 22º MÁX 24º

Edição

Temporada Darcos 2019 estreia-se na Polónia com concerto de Artur Pizarro

A Temporada Darcos 2019, organizada a partir de Torres Vedras, estreia-se com um concerto na Polónia do pianista Artur Pizarro e de uma orquestra polaca, viajando depois até à Rússia e Espanha, segundo o programa hoje divulgado.

Temporada Darcos 2019 estreia-se na Polónia com concerto de Artur Pizarro
Notícias ao Minuto

16:30 - 18/01/19 por Lusa

Cultura Torres Vedras

Três anos depois de se ter alargado de Torres Vedras a Lisboa, a programação de 2019 promete "uma temporada internacional", afirmou o diretor artístico, Nuno Côrte-Real, por contar não só com a participação de três orquestras estrangeiras, mas também com concertos na Polónia, Rússia e Espanha.

A temporada estreia-se na próxima sexta-feira com um concerto do pianista português e da orquestra polaca Huberman Philharmonic, dirigida pelo também compositor Côrte-Real, em Czestochowa, na Polónia.

Pizarro e a orquestra vão interpretar o concerto para piano e orquestra n.º 3 de Rachmaninoff e a suite do bailado "Ma Mère l'Oye", de Ravel, para além de uma homenagem a Ligeti da autoria de Nuno Côrte-Real.

O concerto repete-se a 02 de fevereiro, no Teatro-Cine de Torres Vedras, e, no dia seguinte, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

A temporada viaja até à Rússia nos dias 09 e 10 de abril, onde o Ensemble Darcos, dirigido por Côrte-Real, vai interpretar obras de Schumann e a composição de Côrte-Real inspirada em poemas de Florbela Espanca, acompanhados por uma inédita tradução para russo.

Além da orquestra polaca, a temporada convida este ano a Orquestra Sinfónica de Castilla y León e a Orquestra Sinfónica del principado de Asturia, de Espanha.

A primeira dá um concerto dedicado a Mozart em Torres Vedras e Lisboa, a 19 e 20 de julho, respetivamente.

A segunda atua, acompanhada pelo pianista António Rosado, a 18 de outubro em Oviedo (Espanha), a 26 de outubro no Centro Cultural e de Congressos, de Caldas da Rainha, e um dia depois no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, interpretando obras de Côrte-Real, Falla, Halffter e Stravinsky.

Ainda em abril, a temporada junta-se aos Dias da Música, do Centro Cultural de Belém, onde o Ensemble Darcos dá um concerto no dia 27, com a participação da soprano Ana Quintans, dedicado ao compositor inglês Dowland.

Em setembro é a vez do violoncelista Filipe Quaresma interpretar obras de Bach, em Torres Vedras.

Na programação da temporada, estão incluídos lançamentos de três álbuns de projetos do Ensemble Darcos e de Nuno Côrte-Real.

A 09 de fevereiro, é lançado "Lagarto Pintado", uma viagem pelo cancioneiro popular infantil com a colaboração da Escola de Música Luís António Maldonado Rodrigues da Física de Torres Vedras.

A 28 de março, é a vez de "Agora Tudo Muda", com canções de Cêrte-Real com versos do escritor José Luís Peixoto, interpretados pela cantora Maria João.

O álbum dedicado ao cante alentejano é lançado a 24 de novembro.

A programação contempla concertos da Orquestra Académica Metropolitana (26 maio, em Torres Vedras) e do Ensemble Darcos (22 e 23 março, 18 de maio, 28 e 29 de junho e 22 de novembro), em Torres Vedras e Lisboa, e encerra a 07 de dezembro, com um concerto de Natal, com a participação de vários compositores, do pianista Helder Marques e da soprano Ana Paula Russo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório