Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 13º

Edição

Museu do Oriente mostra arte contemporânea de 23 criadores chineses

Uma exposição com obras de 23 artistas chineses que revelam novas perspectivas e diferentes linguagens artísticas sobre o diálogo entre a China globalizada e o mundo ocidental, inaugura no Museu do Oriente a 22 de novembro, foi hoje anunciado.

Museu do Oriente mostra arte contemporânea de 23 criadores chineses
Notícias ao Minuto

12:15 - 15/11/18 por Lusa

Cultura Exposição

De acordo com o museu, a exposição 'Purity, Purification - Arte Contemporânea Chinesa' é uma coprodução do Museu do Oriente e da CICA - China International Culture Association, e apresenta a mais recente produção de arte chinesa.

A mostra reúne 29 obras de pintura, fotografia, instalação, vídeo e escultura, em representação do que a organização quer dar a conhecer da diversidade e vitalidade da arte chinesa contemporânea, com a mais recente geração de jovens artistas.

"A mostra é, ao mesmo tempo, uma reflexão sobre a atual ascensão da cultura oriental chinesa, sobre a representação de novas lógicas culturais no panorama artístico internacional, o valor comercial atingido pela arte contemporânea chinesa e os rumos que esta está a tomar, traduzindo a exploração e pesquisa detalhadas dos artistas sobre estes temas", descreve um comunicado do Museu do Oriente.

O título junta a palavra "Purity" [pureza], que representa a imagética etérea e depurada da arte oriental, e "Purification" (purificação), um conceito que define o modo de expor adoptado pelos artistas, as soluções expressivas que encontraram para sondar e depurar relações entre materiais, espaços, escalas e a sua intuição.

A mostra, com curadoria de Bruno Leitão e Liu Chunfeng, será ainda motivo de uma conversa com artistas e curadores, portugueses e chineses, no dia 24 de novembro, pelas 16:00, de entrada gratuita, contará com a participação dos curadores Bruno Leitão e Liu Chunfeng, dos artistas Ana Pérez-Quiroga, Tiago Baptista, Wang Lijun e Tang Yuhan, além de Luo Ying, editor-chefe da Hi Art.

A exposição estará patente até 14 de janeiro de 2019.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório