Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2018
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 11º

Edição

Está a chegar o Milhões de Festa, o festival que dá mais do que música

A cidade de Barcelos, a “Seattle portuguesa”, volta a abrir portas a quatro dias de música. O festival minhoto, que assinala este ano a 11.ª edição, promete surpresas para o público, com performances que vão promover a interação de bandas e plateia. Mas há mais novidades.

Está a chegar o Milhões de Festa, o festival que dá mais do que música
Notícias ao Minuto

16:54 - 22/08/18 por Ana Lemos 

Cultura 11.ª edição

Quando a maioria dos festivais de verão já lá vai, é tempo de fazer a festa. A cidade de Barcelos é a casa do Milhões de Festa, o festival que há 11 anos convida a subir ao palco, à beira da piscina (e não só), “nomes nacionais e internacionais que apresentam projetos especiais ou, de alguma forma, capazes de mudarem a cena onde se movem”.

E o cartaz deste ano, que já está fechado, não foge à regra. Dele fazem parte nomes como Electric Wizard, Squarepusher, Os Tubarões, Mouse on Mars, The Heliocentrics, Circle, The Bug feat. Miss Red, Nubya Garcia, Lena d’Água e Primeira Dama com a Banda Xita, 700 Bliss, The Mauskovic Dance Band, Warmduscher, DJ Paypal, Bala, Scúru Fitchádu, Mirrored Lips, Afrodeutsche, Pharaoh Overlord, WWWater, Grabba Grabba Tape, Krake Ensemble, Indignu, Gonçalo, Cacilhas, Kink Gong, Paisiel, Tajak, DJ K-Sets, Suave Geração, Cumbadélica, Eduardo Morais, e DJs da Casa.

Nesta 11.ª edição, a organização promete ainda uma “aposta forte na criação de experiência imersivas, que vão trazer o público para a ação”. Quer saber como? Através de “performances [e] espetáculos musicais que terão a colaboração da audiência, cenografia, uma festa silenciosa disco, entre outros”. A organização acredita, aliás, que esta interação com o público diferencia o Milhões de Festa “de outros festivais à sua escala”.

Outro dado curioso, e que também torna este festival peculiar, é o facto de se envolver “com a cidade que o acolhe”. A organização lembra que o Milhões de Festa nasceu “em paralelo com o surgimento de um grupo de bandas que, nos anos 90, fizeram de Barcelos a ‘Seattle portuguesa’ influenciando também a nova geração de bandas que de lá nasce”, como são disso exemplo Black Bombaim, Killimanjaro, os Glockenwise, ou a Green Machine.

“Desta forma, o festival espalha-se e contagia a cidade”. E, esta ano, além do “palco na piscina”, o Milhões de Festa oferece ainda “concertos em zonas patrimoniais e arquitetónicas”, “gastronomia minhota" no recinto, e um concerto "especial e único" com músicos de Barcelos.

A par do campismo, a organização terá ainda disponíveis transfers gratuitos entre Braga e Barcelos e soluções de glamping. Os bilhetes já estão à venda na bilheteira online e nos locais habituais. O passe geral custa 60 euros e o bilhete diário 20 euros.

Para mais informações sobre a programação do Milhões de Festa, aceda aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório