Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2018
Tempo
23º
MIN 22º MÁX 24º

Edição

Lotaria da Diversidade lançou carreira do ator Filipe Valle Costa nos EUA

Um golpe de sorte na Lotaria da Diversidade dos Estados Unidos, que o Presidente norte-americano, Donald Trump, pretende eliminar, abriu as portas de Hollywood ao ator português Filipe Valle Costa.

Lotaria da Diversidade lançou carreira do ator Filipe Valle Costa nos EUA
Notícias ao Minuto

08:50 - 12/08/18 por Lusa

Cultura Televisão

O ator foi escolhido para ser um dos protagonistas da série de televisão 'Snowfall' do canal FX, no papel do mexicano Pedro Nava. A série acaba de estrear a segunda temporada nos Estados Unidos e levou Filipe Valle Costa, de 31 anos, a mudar-se de Nova Iorque para Los Angeles para perseguir a carreira de ator em Hollywood.

A sua permanência no país após terminar os estudos "não teria sido possível", disse o ator à agência Lusa, se não tivesse sido um dos contemplados com a autorização de residência permanente atribuída na Lotaria da Diversidade, que o país organiza todos os anos.

"Consegui o 'green card' na lotaria", revelou o ator português, que aparece em cartazes de promoção a 'Snowfall' por toda a cidade de Los Angeles.

A Lotaria da Diversidade atribui anualmente 50 mil cartões de residência permanente ('green cards', em inglês) a candidatos de dezenas de países, incluindo Portugal.

No caso de Filipe Valle Costa, "foi mesmo a tempo", já que estavam esgotadas as autorizações de permanência que conseguira primeiro para Iowa, onde esteve com uma bolsa escolar de desporto, e depois para a Flórida, onde tirou um mestrado de três anos.

"A única forma de ficar neste país como ator, além do visto de artista que existe e é limitado, era a Lotaria", explicou.

De acordo com estatísticas da agência The American Dream, nos últimos cinco anos houve 291 portugueses que conseguiram o cartão de residência neste sorteio. Só no ano passado foram 85, número que este ano desceu para 30.

A Lotaria da Diversidade é um dos programas que o presidente Donald Trump pretende eliminar no próximo pacote de reformas da imigração, onde quer ver incluídas outras alterações e financiamento para construir um muro ao longo da fronteira com o México.

Filipe Valle Costa, também fundador e codiretor artístico do Saudade Theatre, afirmou que sente "pela primeira vez" desde que chegou aos Estados Unidos "um desconforto" relativo ao estatuto de imigrante.

"A vida, a nível objetivo e concreto, não mudou para mim, mas existe uma atmosfera e uma nuvem bem escura por cima de tudo", afirmou, acrescentando: "Uma pessoa, pouco a pouco, vai-se sentindo menos bem-vinda".

O ator sublinhou que há um esbater da ideia de "país dos sonhos" com que cresceu, e que foi muito forte "especialmente nos anos do Obama", anterior Presidente dos EUA (2009-2017).

Denominado Diversity Visa Program em inglês, o sistema de lotaria foi aprovado pelo Congresso norte-americano em 1990 com o objetivo de diversificar a população imigrante nos Estados Unidos, na altura com apoio bipartidário.

Donald Trump pediu o fim do programa por ser aleatório e disse querer introduzir um sistema exclusivamente "baseado no mérito".

A eliminação da lotaria faz parte de várias alterações pedidas pelo Presidente - a administração também pretende acabar com a possibilidade de patrocinar a permanência no país de familiares diretos, apesar de os pais da primeira-dama, Melania Trump, terem conseguido a cidadania americana esta semana através desse mecanismo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório