Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2018
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 21º

Edição

Festival Música d'Ponte quer "desmistificar" lado clássico da música

O Festival Música d'Ponte, em Braga, quer "desmistificar" o lado clássico da música através da "criação de pontes" e da celebração da língua portuguesa, oferecendo uma programação que conta com exposições e apresentação de livros, anunciou hoje a organização.

Festival Música d'Ponte quer "desmistificar" lado clássico da música
Notícias ao Minuto

20:00 - 22/05/18 por Lusa

Cultura Braga

O evento, que decorre nos dias 09 e 10 de junho e que tem a direção artística do L'Effetto Ensemble, quer "celebrar a portugalidade", tema desta primeira edição daquele festival, tendo como cabeças de cartaz As Vozes da Rádio, Miguel Guedes & Drumming, a Orquestra Artave com Elisabete Matos e os Gaiteiros de Lisboa.

Para o diretor artístico do festival, Rui Gama, o local escolhido para o evento, o Parque da Ponte, "é uma mais-valia" que tinha que ser aproveitada: "Achámos que concertos ao ar livre seriam uma mais-valia, estudámos o espaço e onde poderiam ficar os palcos. Há um palco intimista, um anfiteatro, haverá as pontes, que é o que origina o festival, entre as várias culturas e os estilos musicais, e um terceiro palco para grupo maiores e outros tipos de música".

Dora Rodrigues, também da organização do festival, salientou que "a ponte" que também está na origem do nome do evento "é a música".

"A ponte entre o que temos na província do Minho, que está cheia de valias, de talentos que têm dado cartas por todo o mundo e a nossa ideia de que podemos reunir no mesmo espaço os vários tipos de música", explicou.

Segundo a responsável, o Festival Música d'Ponte apresenta "uma panóplia de ofertas em que se quer desmistificar o lado clássico e mostrar que as pessoas só gostam, ou não gostam, se assistirem, não gostam por uma ideia preconcebida".

A data do festival também não foi escolhida ao acaso: "É também uma forma de comemorar o Dia de Portugal, da Língua Portuguesa e das Comunidades e valorizar ainda mais a língua portuguesa através da música", apontou a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias.

O evento "tem uma importante tónica pedagógica, com atividades para os mais novos, para que possam sentir o parque mas também a música junto de experiencias sensoriais", salientou.

Além dos concertos, o festival terá ainda apresentações de escolas de ensino artístico musical e de dança, exposições e expositores permanentes, apresentação de livros, entre outras atividades.

Todos os concertos e atividades têm entrada gratuita.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.