Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

'As lições da intimidade' de Luis García Montero apresentadas hoje

'As lições da intimidade', do poeta espanhol Luis García Montero, numa tradução do poeta português Nuno Júdice, são apresentadas hoje no Instituto Cervantes, em Lisboa.

'As lições da intimidade' de Luis García Montero apresentadas hoje
Notícias ao Minuto

06:25 - 14/05/18 por Lusa

Cultura poeta

A apresentação do livro, às 18:30, conta com a participação dos dois autores, Luis García Montero, distinguido em 1982 com o Prémio Adonais, pelo seu livro "El jardín extranjero", e Nuno Júdice, vencedor do Prémio Rainha Sofia, em 2013.

A obra "As lições da intimidade" é a primeira de uma nova coleção de autores espanhóis, traduzidos para português, que o Instituto Cervantes promove, publicada pela editora Abysmo.

Luis García Montero, de 59 anos, é professor catedrático de Literatura Espanhola na Universidade de Granada, no sul de Espanha, e candidatou-se, em 2015, à presidência da Comunidade de Madrid, pela Esquerda Unida.

Recebeu o Prémio Nacional de Poesia de Espanha, em 1995, por "Habitaciones separadas", o Prémio Nacional da Crítica, em 2003, por "La intimidad de la serpiente", e o Prémio da Crítica Andaluza, em 2009, por "Vista cansada".

No ano passado foi distinguido como Filho Dileto da Andaluzia e recebeu o Prémio de Poesia Ramón López Velarde, da Universidade de Zacatecas - um dos principais prémios literários do México -, pelo conjunto da obra.

Em 2010, o percurso de Luis García Montero já fora distinguido com o Prémio Poetas do Mundo Latino, da Universidade Nacional Autónoma do México e do Seminário de Cultura Mexicana.

"Aunque tú no lo sepas. La poesía de Luis García Montero" é um documentário sobre a obra do poeta, dirigido por Charlie Arnaiz e Alberto Ortega, estreado em 2016.

García Montero foi um dos poetas espanhóis em destaque na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, por iniciativa do Instituto Cervantes, em 2002.

A apresentação da obra do poeta granadino, hoje, em Lisboa, é seguida de um colóquio sobre a edição de poesia em Espanha e Portugal, apresentado pelo poeta espanhol Juan Vicente Piqueras, com João Paulo Cotrim, da editora Abysmo, e Chus Visor, da Visor Libros, a celebrar 50 anos, "uma das mais importantes editoras espanholas, especializada em poesia", e que publicou Fernando Pessoa, Mário Cesariny, Miguel Torga e Nuno Júdice, entre outros autores portugueses.

O colóquio é moderado Javier Rioyo, diretor do Instituto Cervantes.

Hoje também, é inaugurada a exposição de retratos de poetas, do ilustrador Juan Vida, "Palabra de Honor", que conta com a presença do artista, autor da capa da obra "As lições da intimidade".

Para a sessão, estão anunciados o ministro português da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, e do embaixador de Espanha em Lisboa, Eduardo Gutiérrez Sáenz de Buruaga.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório