Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 23º
Porto discute reforçar com 253 mil e...

Porto discute reforçar com 253 mil euros programa de apoio à renda

A Câmara do Porto discute segunda-feira reforçar em 253 mil euros o programa Porto Solidário para abranger as candidaturas "que foram e vierem" a ser apresentadas nesta 10.ª edição, cuja dotação ascende aos 2,56 milhões de euros.

Porto discute reforçar com 253 mil euros programa de apoio à renda
Notícias ao Minuto

18:40 - 23/09/22 por Lusa

Casa Câmara do Porto

Na proposta, a que a Lusa teve hoje acesso e que o executivo municipal discute na reunião privada de segunda-feira, o vereador com o pelouro da Habitação, Pedro Baganha, esclarece que, para assegurar que as candidaturas já apresentadas ao programa e apoio à renda destinado a pessoas com carências financeiras são abrangidas, é "necessário efetuar uma reprogramação financeira destinada a reforçar a verba".

"É oportuno realizar um reforço para 2022 no montante de 253.000 euros de forma que possam ser abrangidas com o apoio compreendido neste programa as candidaturas que foram, e vierem a ser, apresentadas ao programa Porto Solidário", adianta o vereador. 

A 10.ª edição do Porto Solidário foi lançada a 22 de fevereiro e prevê a atribuição de 2,65 milhões de euros em apoios.

Criado em 2014, o Porto Solidário ajudou mais de 3.800 famílias com 10,5 milhões de euros atribuídos, referiu a Câmara do Porto, numa nota divulgada a 17 de fevereiro na sua página da Internet. 

Neste momento, 1.150 famílias do Porto beneficiam do apoio, sendo que o valor médio mensal atribuído na última edição foi de 119,51 euros, "o que representou um aumento de 30 euros face ao valor médio das edições anteriores".

"Um cenário que reflete o impacto económico da pandemia no rendimento de muitas famílias e que vem reforçar a importância deste fundo de emergência social", salientou a autarquia.

Leia Também: Aprovado alargamento do programa de arrendamento acessível no Porto

Campo obrigatório