Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º
Subida das rendas de casas 'prime' s...

Subida das rendas de casas 'prime' supera crescimento do valor de venda?

De acordo com a análise da consultora imobiliária, a capital portuguesa ocupa a quarta posição do Savills Prime Residential World Cities Rental Índex.

Subida das rendas de casas 'prime' supera crescimento do valor de venda?

O crescimento das rendas de casas 'prime' ultrapassou o crescimento do valor de venda, no primeiro semestre, nas principais cidades mundiais, incluindo Lisboa, tendo aumentado, em média, 3,1%, superior ao aumento de 2,4% do valor de venda, segundo a Savills.

De acordo com a análise da consultora imobiliária, a capital portuguesa ocupa a quarta posição do Savills Prime Residential World Cities Rental Índex.

"Nova Iorque, Singapura, Londres e Los Angeles lideraram o crescimento dos valores das rendas no mercado prime, registando aumentos superiores a 5%, beneficiando, em particular, do regresso das viagens internacionais", apontou, em comunicado.

"As megacidades estão de novo a prosperar à medida que os arrendatários regressam à vida urbana após os períodos de confinamento. A escassez de oferta e a procura por um estilo de vida citadino, impulsionada pela reabertura das fronteiras internacionais no final de 2021, tem continuado a alimentar esta trajetória de crescimento. O regresso das viagens corporativas, o facto de os compradores experimentarem produtos e serviços antes de os adquirirem, e uma priorização da casa na sequência da adoção de modelos de trabalho flexíveis, são fatores que alavancam o crescimento dos mercados de arrendamento prime nas principais cidades do mundo", refere Lucy Palk da Savills, citado no mesmo comunicado. 

Segundo os mesmos dados, os arrendamentos em Nova Iorque atingiram um nível recorde, "devido a uma oferta reduzida e à procura por espaços de maior dimensão, pelos quais os inquilinos estão dispostos a pagar um valor premium".

Leia Também: Oppo acusa Nokia de cobrar "valor excessivamente alto" por acordo

Campo obrigatório