Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 30º
Imobiliário Construção Crescimento do investimento em const...

Crescimento do investimento em construção acelera no 1º trimestre

O investimento em construção aumentou 5,3% no primeiro trimestre, em termos homólogos, acelerando face aos crescimentos de 4,2% e 2% dos dois trimestres anteriores, anunciou hoje a Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

Crescimento do investimento em construção acelera no 1º trimestre
Notícias ao Minuto

15:30 - 15/06/22 por Lusa

Casa AICCOPN

No mesmo sentido, o Valor Acrescentado Bruto (VAB) do setor da construção aumentou 3,6% em termos homólogos, uma variação superior aos 2,9% e 1,6% apurados no quarto e terceiro trimestres de 2021, respetivamente, informa a associação em comunicado.

No que se refere ao licenciamento de obras de edificação e reabilitação pelas câmaras municipais, nos primeiros três meses de 2022 assistiu-se a uma "ligeira redução" de 0,2%, face ao trimestre homólogo, em resultado de um crescimento de 3,2% nos edifícios residenciais e de um decréscimo de 9,5% no licenciamento de edifícios não residenciais.

"Note-se que, relativamente ao número de fogos licenciados em construções novas, verifica-se um aumento de 8% em termos homólogos", precisa.

Quanto ao índice de custos de construção de habitação nova, registou no mês de março um aumento homólogo de 11,6%, taxa que é superior em três pontos percentuais à observada no mês anterior (8,6%) e que resulta de variações homólogas de 15,3% no índice relativo à componente de materiais e de 6,4% no índice relativo à componente de mão de obra.

Segundo a AICCOPN, no mês de abril de 2022 assistiu-se a uma aceleração do ritmo de crescimento do valor mediano da habitação para efeitos de crédito hipotecário, com um aumento de 13%, em termos homólogos.

No segmento da engenharia civil, verificou-se "uma manutenção da tendência negativa, quer no montante dos concursos de empreitadas de obras públicas promovidas, que apresenta uma redução de 14,8% nos primeiros quatro meses de 2022 face ao período homólogo de 2021, quer nos contratos de empreitadas celebrados e registados no Portal Base, verificando-se uma variação homóloga temporalmente comparável de - 52,3%".

Quanto ao consumo de cimento no mercado nacional, até abril registou um crescimento de 3,8% face a igual período do ano passado, totalizando 1.295,5 milhares de toneladas.

Leia Também: Produção na construção subiu menos em abril. Índice aumentou 3,7%

Campo obrigatório