Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Imobiliário Habitação Lisboa. Empreendimento Real Forte II...

Lisboa. Empreendimento Real Forte III com 80% dos apartamentos vendidos

O projeto residencial promovido pelo MAXGROUP, grupo imobiliário da rede RE/MAX, conta já com mais de 80% dos seus apartamentos vendidos, correspondendo a 42 habitações da sua totalidade.

Empreendimento Real Forte III -

A conclusão do empreendimento está prevista para o primeiro semestre de 2022 e os preços de comercialização variam consoante a tipologia do imóvel, começando nos 413.600 mil euros.

Angariado pela RE/MAX MAXGROUP TIME, o novo empreendimento Real Forte III, gerido pela Norfin, conta já com mais de 80% de vendas realizadas, correspondendo a 42 habitações da sua totalidade, pode ler-se em nota enviada às redações. Trata-se de um projeto residencial promovido pelo MAXGROUP, grupo imobiliário da rede RE/MAX, desde o início deste ano.

“Temos reparado, ao longo dos últimos meses, no grande sucesso que este empreendimento tem sido no mercado. Do total das reservas, mais de 75% foram fechadas pela nossa equipa da RE/MAX MAXGROUP TIME”, revela Luís Silva do Maxgroup, citado em comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

Situado no centro histórico de Sacavém, este empreendimento é o culminar de um grande projeto de requalificação desta freguesia, com cerca de 22,4 mil m2 de construção implantado num terreno de mais de 1,2 hectares, lê-se no documento.

De acordo com a mesma nota, este empreendimento é constituído por cinco a sete pisos acima do solo que destinam-se aos espaços de habitação dos 49 fogos de tipologias T2, T3 e T4. Já o piso 0, incorpora os sete espaços comerciais do edifício.

Faz ainda sobressair o mesmo documento que a conclusão do empreendimento está prevista para o primeiro semestre de 2022 e os preços de comercialização variam consoante a tipologia do imóvel, começando nos 413.600 mil euros.

Leia Também: Arranca comercialização de novo projeto residencial no coração de Lisboa

Campo obrigatório