Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2022
Tempo
14º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Imobiliário Construção Macau: Projeto Studio City entra em ...

Macau: Projeto Studio City entra em fase final de construção

Trata-se de um projeto de ampliação de um dos principais resort da região autónoma de Macau que, entre novas instalações de lazer, entretenimento e hospitalidade, inclui um dos maiores parques aquáticos de toda a Ásia.

Projeto Studio City em Macau -

A conclusão das obras está prevista para o final do próximo ano.

A segunda fase de implementação do Studio City, projetado pelo atelier Zaha Hadid Architects, acaba de entrar em fase final de construção, avança o Archdaily. Localizado no distrito de Cotai, em Macau, trata-se de um projeto de ampliação de um dos principais resort da região autónoma de Macau que, entre novas instalações de lazer, entretenimento e hospitalidade, inclui um dos maiores parques aquáticos de toda a Ásia. A conclusão das obras está prevista para o final do próximo ano.

Em desenvolvimento desde 2017, com a colaboração da Melco Resorts & Entertainment, o Studio City é composto por dois edifícios dedicados à rede hoteleira, os quais somam mais de 250 mil m2, sendo que cerca de 21 mil m2 serão destinados para espaços comerciais e restaurantes.

As torres apresentam-se como estruturas compostas por três camadas de diferentes graus de opacidade, que permitem filtrar a luz natural e minimizar o ganho térmico nos espaços interiores. Este "projeto de extensão complementará a estrutura existente preparando-a melhor para os desafios do futuro", revela David Sisk, Diretor de Operações da Macau Resorts, Melco.

Desde a sua inauguração em 2015, o Studio City foi premiado no BREEAM Awards 2021, isto porque os critérios de sustentabilidade foram levados em conta e influenciaram a forma e o desenvolvimento do projeto em si, cita a plataforma.

De realçar que o atelier Zaha Hadid Architects inaugurou recentemente o projeto empresarial Infinitus Plaza, no novo Distrito Central de Negócios de Baiyun, na cidade de Guangzhou, na China. 

Leia Também: 'Homem-aranha francês' escala prédio contra alterações climáticas

Campo obrigatório