Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Imobiliário Habitação Casas pequenas: Já conhece o projeto...

Casas pequenas: Já conhece o projeto 'Thermacore' da Saint-Globain?

Trata-se de um estudo pioneiro no setor da construção leve e modular que pretende comparar o desempenho, nas vertentes de eficiência energética, do conforto térmico e qualidade do ar interior de uma construção, com o de uma parede tradicional usada em edifícios em Portugal.

Casas pequenas: Já conhece o projeto 'Thermacore' da Saint-Globain?

A Saint-Gobain Portugal, através das marcas Weber, Placo®, ISOVER e GlassSolutions, em parceria com a Lusil e a 5DHome, tem apoiado a Universidade de Aveiro na execução do projeto 'Thermacore', um estudo pioneiro no setor da construção leve e modular

“Uma vez mais, a Saint-Gobain Portugal S.A. demonstra estar na vanguarda do setor, seguindo a sua estratégia de crescimento responsável e pautada pelo propósito 'MAKING THE WORLD A BETTER HOME'”, afirma José Martos, CEO da Saint-Gobain.

Segundo avança a empresa de construção, na sua página oficial, trata-se de um projeto de investigação financiado pela FCT, que pretende comparar o desempenho, nas vertentes de eficiência energética, do conforto térmico e qualidade do ar interior de uma construção, com o de uma parede tradicional usada em edifícios em Portugal.

Isto porque esta investigação tenta responder à problemática: “Em que medida é que o desempenho, nas vertentes de eficiência energética, conforto térmico e qualidade do ar interior, de uma solução construtiva com PCM macro encapsulado, usada como um núcleo termicamente ativo, se compara com o de uma parede ou laje tradicionais em Portugal?", revela a empresa.

Neste projeto, note-se, desde a fachada exterior e interior, ao acabamento final, o estudo pioneiro no setor contou assim com as soluções Saint-Gobain Portugal S.A. Relativamente aos restantes contributos das empresas parceiras, a empresa de construção destaca o sistema estrutural baseado no LSF (aço leve), da 5D Home, que permitiu criar uma solução estrutural pré-fabricada com redução de desperdícios em obra e com a robustez adequada. 

Leia Também: Construção. Grupo Casais arranca com atividade no Gana em 2022

Campo obrigatório