Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 6º MÁX 18º

Edição

Imobiliário Habitação França. Palácio de Versalhes foi tra...

França. Palácio de Versalhes foi transformado em hotel de luxo

O palácio dispõe de salões, cerca de 2.300 unidades, um museu da história francesa e, mais recentemente, um hotel de luxo. O Airelles Château de Versailles, Le Grand Contrôle conta com com 14 quartos, spa e restaurante.

Palácio de Versalhes em França -

O Airelles Château de Versailles, Le Grand Contrôle conta com com 14 quartos, spa e restaurante.

Notícias ao Minuto

09:34 - 27/10/21 por Notícias ao Minuto 

Casa Palácio de Versalhes

O Palácio de Versalhes, localizado próximo de Paris e símbolo do poder dos monarcas franceses absolutistas, foi transformado em hotel de luxo. Segundo adianta o Archdaily, o palácio dispõe de salões, cerca de 2.300 unidades, um museu da história francesa e, mais recentemente, um hotel de luxo. O grupo francês Les Airelles, responsáveis pelas acomodações nos Alpes franceses, Avignon e Saint-Tropez, inaugurou o Airelles Château de Versailles, Le Grand Contrôle, que conta com 14 quartos, spa, restaurante e visitas guiadas por partes restritas do complexo.

De acordo com a plataforma, a proposta do hotel foi reformar o interior de uma parte do palácio, usando como referência a estética da nobreza francesa do século XVIII, sendo que as acomodações não são restauros dos antigos quartos, mas sim projetos de interiores com objetos que fazem referência à época e ao local

O resultado deste projeto, assinado pelo arquiteto francês Christophe Tollemer, que trabalhou junto de Emmanuelle Vidal-Delagneau, especialista em arte, artefactos e herança francesa, é a recriação dos espaços face à época sem renunciar aos avanços tecnológicos do século XXI. A intervenção deste hotel tem uma abordagem de arquitetura de entretenimento que parte de uma visão pós-moderna, escreve a plataforma.

Note que o Palácio de Versalhes começou a ser construído entre 1610 e 1643 como residência rural para os períodos de caça do Rei Luís XIII da França. Com o tempo, a residência tem sido restaurada, até que em 1634 tornou-se num palacete.

Foi durante o reinado de Luís XIV que o Palácio de Versalhes se expandiu para um grande complexo de construções e jardins, com mais de 67 mil metros quadrados, tornando-se a sede administrativa do governo francês, bem como local de festas da nobreza e da corte.

Permaneceu assim durante quase 100 anos, até a Revolução Francesa. No século XIX teve partes transformadas em museu, sendo palco de importantes eventos da história, como a assinatura do Tratado de Versalhes que terminou a Primeira Guerra Mundial.

Inscrito na lista de Patrimônio da Humanidade da Unesco, atualmente o Palácio de Versalhes é um dos mais visitados pontos turísticos da França e do mundo, faz ainda notar o Archdaily.

Leia Também: Lisboa. Edifício centenário Terminal K será um aparthotel

Campo obrigatório