Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Imobiliário Construção Casas de madeira: Empresas juntas na...

Casas de madeira: Empresas juntas na construção modular

O grupo ECOSTEEL e a empresa Ooty estabeleceram uma parceria para privilegiar os princípios da construção modular em madeira, sustentada em valores como a sustentabilidade ambiental e o relacionamento personalizado com cada cliente.

Casas de madeira: Empresas juntas na construção modular
Notícias ao Minuto

14:47 - 14/10/21 por Notícias ao Minuto 

Casa Casa de madeira

"<span class="news_bold">O futuro da construção passa por uma aposta na sustentabilidade e na utilização de materiais como a madeira que permitem reduzir a pegada de carbono em 60% a 70%”, começa por revelar José Maria Ferreira, CEO da ECOSTEEL, para explicar a nova parceria com a Ooty, uma empresa que se dedica à produção de estruturas pré-fabricadas e modulares em madeira, como casas, bungalows, módulos de alojamento, entre outros.

Segundo a plataforma NOVOPERFIL, que adianta com a informação, o grupo ECOSTEEL e a empresa Ooty estabeleceram uma parceria para privilegiar os princípios da construção modular em madeira, sustentada em valores como a sustentabilidade ambiental e o relacionamento personalizado com cada cliente.

Em termos de negócio “a integração da Ooty no grupo Ecosteel irá permitir o arranque de uma unidade de produção de CLT que terá capacidade para produzir 50 mil m3 por ano. A combinação deste sistema construtivo com o de estruturas modulares pré-fabricadas resultará numa capacidade produtiva de 1.000 a 1.200 casas por ano."

Para José Maria Ferreira, "esta associação de empresas visa sustentar parte de uma estratégia que enaltece e interliga os conceitos de inovação e consciência ambiental e abre caminho em direção a um futuro construído eco consciente e preocupado com a saúde do planeta.”

Por sua vez, a associação entre ambas empresas permitiu à Ooty dar um salto de escala e dedicar-se ao mais inovador método de construção em madeira, conhecido pela construção em CLT (Cross Laminated Timber), também apelidado como “o betão do futuro”.

Segundo o NOVOPERFIL, este tipo de solução tem vindo a ser cada vez mais procurada por jovens casais que reconhecem neste modelo uma solução de habitação permanente, a preço acessível e livre de complicações

De acordo com a plataforma, as estruturas pré-fabricadas e modulares permitem a realização de projetos de pequena ou grande escala, estando ao alcance de um maior número de pessoas pelos seus custos competitivos e 'timings' reduzidos de construção.

A montagem de uma casa de 200 m2 pode ser feita em pouco mais de uma semana por uma equipa de quatro pessoas. As construções modulares distinguem-se ainda pela engenharia aplicada que permite uma elevada eficiência energética e isolamento térmico e acústico. 

Leia Também: Esta poderá ser a casa pré-fabricada do futuro, dizem especialistas

Campo obrigatório