Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2021
Tempo
24º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Imobiliário Habitação Qual foi o preço médio das casas à v...

Qual foi o preço médio das casas à venda anunciadas no Imovirtual?

Em setembro de 2021, o valor médio dos imóveis à venda em Portugal, anunciados no portal imobiliário, foi 370.372 euros. Já no mercado de arrendamento, o preço médio caiu de 1.019 euros para 1.006 euros.

Qual foi o preço médio das casas à venda anunciadas no Imovirtual?

O preço médio dos imóveis para venda em Portugal, anunciados no Imovirtual, foi de 370.372 euros, em setembro de 2021. De acordo com o Barómetro Mensal de setembro do relatório 'Real Estate Market in Numbers', realizado pelo portal imobiliário, verificou-se uma estabilidade de valores marcada em 1,4% face a agosto, que registou um preço médio de 365.264 euros.

De acordo com os mesmos dados, a que o Notícias ao Minuto teve acesso, no mês de setembro, o distrito que se destacou com a maior variação percentual de subida dos preços face a agosto foi Viseu com um crescimento de 2,9%.

Seguiu-se Faro, em segundo lugar, com uma variação percentual face ao mês anterior de 2%, com 484.232 euros, em agosto, e 493.860 euros, em setembro. E, depois, Setúbal com um aumento de 1,9% face a agosto de 2021, informa o Imovirtual.

Já em sentido inverso, houve apenas um distrito a registar uma queda acentuada na variação percentual do preço face ao mês anterior, em setembro. Foi Évora, que se destacou com uma descida de 3,5%, passando de 248.679 euros para 239.869 euros.

E qual foi o preço médio das casas para arrendar anunciadas no Imovirtual?

No mercado nacional de arrendamento, o preço médio dos imóveis anunciados no portal revelou uma diminuição de 1,3%, em setembro face a agosto, de 1.019 euros para 1.006 euros.

De acordo com o 'Real Estate Market in Numbers' do Imovirtual, Bragança foi o distrito com maior crescimento percentual de 17,8% face a agosto, passando de 382 euros para 450 euros. Também a apresentar aumentos estão Castelo Branco (4,39%), Santarém (4,39%), Beja (4,37%) e Évora (4,2%).

Pelo lado contrário, Portalegre e Região Autónoma da Madeira apresentaram uma queda percentual do preço médio dos imóveis, com 2,7% e 2,6%, respetivamente.

Leia Também: Preço da habitação integrada em resorts subiu 8,6% no último ano

Campo obrigatório