Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Lar Decoração Cozinha: Evite estas tendências de d...

Cozinha: Evite estas tendências de decoração, dizem agentes imobiliários

Candeeiros de teto fechados, bancadas de granito e armários tradicionais de madeira são três das tendências de decoração para a cozinha que deve mesmo evitar, de acordo com agentes imobiliários. Ora veja.

Cozinha: Evite estas tendências de decoração, dizem agentes imobiliários

A verdade é que a cozinha ocupa cada vez mais um lugar importante no seio das famílias, podendo mesmo ser considerada, em muitos casos, o 'coração da casa'. E com isso vem a necessidade de decorá-la de acordo com cada um. Por isso, todos os anos surgem novas tendências de decoração. Contudo, há modas que o melhor que tem a fazer é evitá-las, salienta a plataforma Apartment Therapy.

Esta conclusão surge depois de a plataforma ter conversado com alguns agentes imobiliários dos EUA sobre quais são as tendências da cozinha que são um mau investimento. Assim, fique a par do que não deve apostar nesta divisão lá de casa.

Candeeiros de teto fechados

"Por que não mudar as suas opções de iluminação para tampas de vidro transparente ou um candeeiro aberto?", pergunta Anastasia Hartmann, agente imobiliária da RE/MAX, em Minnesota. Os candeeiros fechados, embora uma vez muito populares, apenas fazem com que as cozinhas pareçam mais pequenas.

Por isso, o melhor que tem a fazer é "adicionar mais luz ao espaço." Hartmann dá ainda conta de que ter opções de iluminação com tampas de vidro transparente poderá proporcionar uma sensação de ter uma cozinha maior.

Bancadas de granito

Para Paul Chastain, agente imobiliário da mediadora Keller Williams, na Califórnia, o mármore, madeira e betão são as melhores opções neste momento

Já Maggie Richter, agente imobiliária da Baird & Warner, em Illinois, afirma que "os vários (tipos de) granitos que eram muito populares no início do ano 2000, estão agora definitivamente fora de moda."

Armários tradicionais de madeira

"Na minha opinião, isso nunca esteve realmente em grande estilo", afirma Jeremy Porter, agente da consultora HomeSmart, na Florida. E acrescenta ainda que deverá mesmo evitar os armários cor de cereja pois "parecem datados."

Além disso, as formas e os tamanhos tradicionais dos armários estão a ser rapidamente ultrapassados por sistemas de prateleiras e armários em estilo despensa, reforça Chastain.

Prateleiras abertas

Neste momento, prateleiras abertas são uma aposta. Uma tendência que preocupa Arlene Quirk, uma agente da Keller Williams, em Pensilvânia: "Está absolutamente na moda e a eclipsar os armários fechados do mercado."

Para a consultora, esta tendência traz mais desvantagens do que benefícios, uma vez que os "armários com portas escondem uma infinidade de pecados", sustenta.

Tudo ornamentado

"Simples e chique estão dentro", afirma Quirk. Para a agente imobiliária da KW, os "estilos simples estão de volta e isso significa que deverá evitar qualquer coisa que não tenha linhas limpas ou que possa ser vista como ornamentada, como puxadores de cabo intrincados, madeira decorativa, ilhas de forma estranha, e armários estilos e frentes de gaveta."

Estilos desajustados

Para Porter, a cozinha não poderá nem deverá contrastar com o resto da casa. "A principal coisa que vi que realmente não funciona é se a cozinha não se encaixa na área, como se tudo numa casa é contemporâneo e a cozinha é mais como uma 'villa' italiana rústica", refere. Por isso, opte por um estilo que combine com a restante decoração da casa.

Leia Também: Cozinha comunitária na Costa de Caparica junta comunidades de refugiados

Campo obrigatório