Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Imobiliário Escritórios Mercado de escritórios do Porto supe...

Mercado de escritórios do Porto supera volume total acumulado até agosto

No mês passado, o mercado de escritórios da cidade Invicta registou um volume de área absorvida de 12.205 m2. Este valor traduz-se como o melhor mês de 2021 e ultrapassa o volume total acumulado dos primeiros sete meses do ano.

Mercado de escritórios do Porto supera volume total acumulado até agosto

O mercado de escritórios do Porto ultrapassou o volume total acumulado dos primeiros oito meses do ano de 2021. De acordo com a mais recente análise da consultora imobiliária internacional Savills, enviada em comunicado ao Notícias ao Minuto, em agosto, o mercado de escritórios da cidade Invicta registou um volume de área absorvida de 12.205 m2. Este valor traduz-se como o melhor mês de 2021 e ultrapassa o volume total acumulado dos primeiros sete meses do ano.

Segundo a mesma nota, no que concerne ao total acumulado de metros quadrados ocupados no Porto, os oito primeiros meses de 2021 totalizaram um volume de absorção que representou um decréscimo de quase 27%, face ao mesmo período de 2020.

Em destaque, surge a zona 'Out of Town' que tem vindo a apresentar um maior dinamismo, e que deverá ser mantido e impulsionado pela conclusão de novos projetos, lê-se no documento.

Desde o início de 2021, foram transacionados cerca de 31 espaços de escritórios no  Porto, com uma área média contratada de 722 m2. Segundo a mediadora, a zona que apresentou mais atividade foi a 'CBD Boavista', com 12 negócios fechados, com uma área contratada de 707 m2, em média. No entanto, foi a zona 'Out of Town' que contribuiu mais para o volume de absorção, divulga a mesma análise.

Já face ao período homólogo do ano anterior, os primeiros oito meses de 2021 revelaram uma quebra de 38% no que diz respeito ao número de transações fechadas.

Entre janeiro e agosto, as três zonas a observar um maior volume de absorção acumulado foram a 'Out of Town', com 10.436 m2, a 'CBD Boavista', com 8.479 m2, e a CBD Baixa, com 2.355 m2. Contudo, apenas as zonas 'Out of Town' e 'CBD Baixa' conseguiram superar os primeiros oito meses de 2020.

De realçar que a 'Zona de Expansão' apresentou uma nova oferta que virá para o mercado até ao final de 2022 e que irá colocar no mercado cerca de 38.000 m2, apesar de ter sido a zona com o volume de absorção mais baixo.

Em comunicado, por referência aos maiores negócios realizados no mercado de escritórios do Porto, em 2021, apenas um negócio ultrapassou os 5.000 m2, uma transação no Centro Empresarial Lionesa. Também a Concentrix contribuiu para a performance de agosto, ocupando 3.541 m2 no edifício Porto Office Park, dá conta o mesmo comunicado.

Os Serviços Empresas destacaram-se como o setor com mais volume de absorção acumulado, no mesmo período em análise. Segundo a consultora imobiliária, comparativamente ao mesmo período de 2020, o setor de atividade que apresentou um maior crescimento foi o Farmacêutico e Saúde, com mais de 960% de incremento.

A Savills estima ainda que haja uma recuperação nos setores de TMT’s & Utilities e nos Serviços a Empresas.

Leia Também: Mercado de escritórios cai 24% em Lisboa até agosto

Campo obrigatório