Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2021
Tempo
22º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

Imobiliário Arrendamento Bairro sustentável do Facebook també...

Bairro sustentável do Facebook também tem casas de arrendamento acessível

Na Califórnia, o Facebook projetou uma cidade ecológica com mais de 1.500 casas para empregados e apartamentos destinados a arrendamento acessível. Para ajudar no acesso à habitação, a empresa tecnológica oferece ainda apoios até 10.000 dólares.

Bairro sustentável do Facebook - Na Califórnia, o Facebook projetou uma cidade ecológica com mais de 1.500 casas para empregados e apartamentos destinados a arrendamento acessível. Para ajudar no acesso à habitação, a empresa tecnológica oferece ainda apoios até 10.000 dólares.

O Facebook projetou a sua própria cidade autossustentável, nos arredores de Menlo Park, na Califórnia, onde se encontra a sede da empresa dirigida por Mark Zuckerberg. Segundo o idealista, que adianta com a informação, chama-se Willow Village e terá 240.000 m2, mais de 1.500 casas para empregados, mas também apartamentos destinados a arrendamento acessível. Terá ainda um hotel, um centro de conferências, parques e jardins. Em termos de mobilidade, a comunidade deverá priorizar os passeios pedestres e para bicicletas.

Segundo o portal, o projeto inicial remota a 2013 e contava com menos de 400 casas. Entretanto, este modelo foi modificado e agora conta com mais atenção a aspetos sociais e sustentável. Note que todo o processo foi desenvolvido pelos vizinhos e líderes comunitários de Menlo Park, com a participação dos próprios empregados do Facebook.

Os preços das casas em São Francisco, mais particularmente nas áreas do Vale do Silício, São José e São Mateo, estão entre os mais altos dos EUA. E isso constituí um problema para muitos empregados das grandes empresas de tecnologia que ali se situam, em termos de taxa de esforço e de acesso à habitação. Por isso, para ajudar no acesso à habitação, o Facebook oferece ainda apoios até 10.000 dólares (cerca de 8.477 euros, feitas as conversões).

De acordo com o idealista, a Willow Village adere às normas LEED Gold e estão integrados edifícios totalmente elétricos, com sistemas para reciclar água, materiais sustentáveis, alta produção de energia fotovoltaica e outras medidas ambientais.

Saliente-se que este projeto na cidade de Menlo Park encontra-se agora na fase de preparação do Relatório de Impacto Ambiental, mas só deverá estar concluído no final de 2021, segundo o portal.

Leia Também: Racismo no Facebook? Zuckerberg diz que nunca será totalmente eliminado

Campo obrigatório