Meteorologia

  • 03 AGOSTO 2021
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Imobiliário Arrendamento Hipoges detém o maior portefólio de ...

Hipoges detém o maior portefólio de arrendamento residencial em Portugal

Com mais de 4.400 ativos, esta carteira surge no seguimento da criação do mais recente departamento da empresa dedicado exclusivamente à gestão deste tipo de ativos em Portugal e em Espanha. A empresa vai colocar os primeiros ativos à disposição nas próximas semanas.

Hipoges detém o maior portefólio de arrendamento residencial em Portugal

A plataforma no setor de Asset Management, Hipoges Iberia, é a gestora da maior carteira de arrendamento residencial em Portugal. De acordo com o Diário Imobiliário, que avança com a notícia, detém mais de 4.400 ativos e vai colocar os primeiros ativos à disposição de possíveis consumidores ou investidores nas próximas semanas.

Segundo a plataforma especialista no setor imobiliário,  esta carteira surge no seguimento da criação do mais recente departamento da empresa, composto por mais de 20 profissionais para se dedicarem exclusivamente à gestão deste tipo de ativos em Portugal e em Espanha.

Para este novo portefólio, a Hipoges desenvolveu uma plataforma de gestão que é uma novidade no mercado e que, aliada à capacidade de gerir todo o tipo de ativos, tem sido fundamental na adjudicação por parte do cliente e a capacidade da empresa de comercializar todo o tipo de ativos em todo o território português, revela o Diário Imobiliário.

De acordo com a Hipoges, o mercado de locação tem crescido nos últimos anos, apoiado por grandes empresas que procuram oportunidades e alternativas de negócios que lhes permitam obter bons retornos com menores riscos.

As carteiras de ativos já construídos necessitam de uma gestão profissional para maximizar o 'Build to Rent'. Um vetor de investimento em Espanha com mais de 6.000 casas desenvolvidas em dois anos e que está a ter o seu reflexo em Portugal com o início de grandes operações, segundo a empresa.

De acordo com dados de diferentes consultoras, cerca de 15% do total de imóveis do mercado português passarão a fazer parte do mercado de arrendamento, faz ainda notar a plataforma.

Leia Também: Montijo com mais 10 casas sociais em regime de arrendamento apoiado


 

Campo obrigatório