Meteorologia

  • 02 AGOSTO 2021
Tempo
28º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Finanças Investimentos CBRE lança relatório sobre o mercado...

CBRE lança relatório sobre o mercado imobiliário da cidade do Porto

A partir de agora, os investidores e ocupantes dedicados à Invicta terão acesso a um relatório que contém a informação sobre a cidade e o seu potencial enquanto mercado de investimento imobiliário.

CBRE lança relatório sobre o mercado imobiliário da cidade do Porto

A CBRE, consultora mundial na prestação de serviços para o setor imobiliário, acaba de lançar o ‘Porto at a Glance. De acordo com o comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, trata-se de um flash report anual direcionado a investidores e ocupantes, com informação sobre a cidade do Porto e o seu potencial enquanto mercado de investimento imobiliário.

“O Porto tem, desde há muitos anos, um peso importante na estratégia de crescimento da CBRE. É um mercado atrativo, que nem com a pandemia abrandou o interesse por parte dos investidores, mantendo uma dinâmica associada aos vários segmentos muito positiva", começa por revelar Francisco Horta e Costa, Diretor Geral da CBRE Portugal.

Segundo o comunicado enviado aos jornalistas, o documento foi elaborado pela equipa da CBRE no Porto e pela equipa de Research.

O 'Porto at a Glance' oferece uma visão 360.º sobre a cidade, desde dados demográficos chave a matéria relacionada com os segmentos de escritórios, retalho e residencial, bem como informação acerca do setor do turismo, lê-se no documento.

"Este relatório que agora lançamos exclusivamente dedicado ao Porto pretende ser um breve e curto guia orientador e fornecer, de uma forma breve e resumida toda a informação relevante sobre a cidade”, sustenta Francisco Horta e Costa.

Segundo o flash report hoje divulgado, o Porto é a segunda cidade de Portugal e a capital da região industrial norte, onde as suas universidades de prestígio não só atraem estudantes internacionais, mas também cria um pool de talentos. Como resultado, um número de empresas internacionais bem conhecidas foram atraídos para a área, lê-se no relatório.

Leia Também: Mercado de escritórios caiu 66% no Porto e 34% em Lisboa no início do ano

Campo obrigatório