Meteorologia

  • 25 JULHO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

Mercado Agentes Zome Pr1me abre dois novos hubs em A...

Zome Pr1me abre dois novos hubs em Alvalade e nas Amoreiras

A empresa do Grupo Pr1me especializada no ramo de mediação imobiliária anunciou que vai abrir mais dois novos hubs, além de mudar de instalações do Campo Pequeno para as Avenidas Novas. Estas novas operações significam um investimento superior a 1 milhão de euros e um reforço na equipa que ultrapassa 250 colaboradores.

Zome Pr1me abre dois novos hubs em Alvalade e nas Amoreiras

A Zome Pr1me, empresa do Grupo Pr1me especializada no ramo de mediação imobiliária, acaba de anunciar a abertura de dois novos hubs, um em Alvalade e outro nas Amoreiras. De acordo com o comunicado a que o jornal Construir teve acesso, o Grupo mudou ainda de instalações o hub do Campo Pequeno para um espaço maior nas Avenidas Novas.

Segundo o jornal, estas novas operações significam não só um investimento superior a 1 milhão de euros, mas também um reforço na equipa que ultrapassa agora um total de 250 colaboradores.

“Contamos com um universo de mais de 250 colaboradores. Somos a empresa do sector mais produtiva e isso deve-se a um criterioso processo de recrutamento e seleção", revela Nelson Morgado, do Grupo Pr1me.

Apesar da atual conjuntura económica, estes novos hubs são uma confirmação das expectativas de crescimento definidas para este ano e fortalecem a rede já existente, na Abóboda, Avenidas Novas, Cascais e Restelo, assim como o número de colaboradores do Grupo Pr1me, lê-se no documento. 

“Estamos satisfeitos em verificar que as nossas perspetivas de crescimento continuam a consolidar-se apesar do momento conturbado” sustenta o responsável.

Com um total de seis hubs, o Grupo Pr1me procura "logo no primeiro momento, e de forma a não gorar expectativas, transmitir uma estratégia com foco na produtividade. Só assim podemos continuar a crescer, manter clientes satisfeitos e equipas estáveis e ansiosas por inovar”, acrescenta Nelson Morgado.

Leia Também: Novo Banco: Relator recomenda análise a abusos no IMT

Campo obrigatório