Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Imobiliário Construção Onde foram construídas mais casas no...

Onde foram construídas mais casas novas no país?

Em 2019, por total tipologia dos fogos, foram construídas mais habitações novas em Braga (521). Por tipologia, foram construídos mais T0 e T1 no Porto, T2 em Odivelas, T3 em Braga e T4 ou mais no Seixal, segundo dados da PORTDATA.

Onde foram construídas mais casas novas no país?

Por tipologia dos fogos, ou seja, T0 ou T1, T2, T3, T4 ou com mais divisões, foram construídas mais casas em Braga, em 2019. De acordo com os dados divulgados pela PORDATA, a cidade de Braga encabeça a lista onde foram construídas mais casas novas, há dois anos. Mas por tipologia, a história é diferente.

Segundo os mesmos dados, foram construídos mais estúdios e casas com um quarto novos no Porto. Na cidade Invicta, verificou-se um total de 150 imóveis construídos para a habitação, em 2019.

Já as casas de tipologia T2, foram construídas mais habitações novas com dois quartos em Odivelas. Em 2019, anotou-se a construção de 176 casas novas com dois quartos nesta cidade do distrito de Lisboa, informa a PORDATA.

Por seu turno, observou-se a construção de mais habitações novas do tipo T3 em Braga, sendo registado cerca de 341 casas. Considerando o número de imóveis novos destinados à habitação T4 ou mais divisões, o Seixal surge em primeiro lugar. Em 2019, verificou-se que nesta zona foram construídas 151 casas novas com quatro quartos ou mais, divulga a base de estatísticas certificadas sobre Portugal.

Por total tipologia dos fogos

Quando consideradas todas as tipologias (T0 a T4 ou mais), em 2019, foram registadas mais casas novas em Braga (521). Seguida por Odivelas (424) e Seixal (379). Ainda a constar no top 10 de onde foram construídas mais casas novas no país, por referência a todos os tipos de tipologia, está a cidade do Porto em 4.º lugar (343), Vila Nova de Famalicão em 5.º (342), Vila Nova de Gaia em sexto lugar (334), Guimarães na sétima posição (321), Lagos em 8.º (320), Viseu em nono (298) e, em último dos dez primeiros lugares, Barcelos com 281 casas novas construídas.

Quando comparados estes valores com o ano de 1975, todas zonas coincidem num ponto: houve uma descida no número de casas novas construídas em Portugal, sendo que a queda mais acentuada foi vista no Seixal.

De acordo com os dados da PORTDATA, em 1975, foram construídas cerca de 1.186 casas novas no Seixal. Em 2019, anotou-se a construção de 379 habitações novas. Assim, estão a ser construídas menos casas no país, segundo a plataforma portuguesa de base de dados.

Já quando analisado o menor número de imóveis novos contruídos, verificou-se que não foram construídas casas novas, em Alandroal, Castanheira de Pêra, Gavião, Marvão, Monchique, Monforte, Mora, Penamacor e Terras de Bouro, há dois anos.

De T0 a T4 ou mais

Segundo os mesmos dados, foram construídos mais estúdios e casas com um quarto novos no Porto (150). Seguido por Lagos (119) e Aveiro (117). Já as habitações de tipologia T2, foram construídas mais imóveis novos destinados à habitação com dois quartos em Odivelas (176). Seguem-se Vila Nova de Gaia (109) e Lagos (106).

Por seu lado, verificou-se a construção de mais casas novas do tipo T3 em Braga (341), seguida Vila Nova de Famalicão (254) e Guimarães (241). Por fim, ao olhar para o número de imóveis novos destinados à habitação T4 ou mais divisões, o Seixal surge em primeiro lugar (151). Em segundo lugar está Braga (92) e depois Almada (86), de acordo com a PORDATA.

Leia Também: Fibra ótica da dstelecom chega a 5 mil famílias em São João da Pesqueira

Campo obrigatório