Meteorologia

  • 23 JULHO 2021
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Lar Decoração E se a sua casa de banho fosse igual...

E se a sua casa de banho fosse igual a uma pintura famosa?

Estes quadros ganharam vida através de um processo digital, realizado pela marca britânica de soluções para a casa de banho, QS Supplies. Quer saber mais? O melhor mesmo é espreitar as imagens.

Perkins Harnly - Casa de banho (1935)

Como seriam as casas de banho se fossem iguais a quadros pintados por artistas famosos? De expressionistas a artistas pop, note-se que muitos pintores mostraram como eram as casas de banho da sua época através da arte.

Nesse sentido, a empresa britânica de soluções para a casa de banho, QS Supplies, pegou em algumas pinturas de casas de banho, de artistas famosos e, em seguida, produziu-as usando um processamento digital realista dos interiores. 

Na prática, as pinturas ganharam vida com representações da vida real e até podem servir de inspiração para as próximas remodelações que tenha em vista. Ora veja.

Perkins Harnly - Casa de banho (1935)

Perkins Harnly é uma espécie de anacronismo. A sua vida durou até ao século 20, mas é pelos trabalhos realizados sobre interiores vitorianos que pintou para o Index of American Design durante a depressão que é mais conhecido. Esta pintura da casa de banho é um exemplo disso. 

Esta casa de banho vitoriana é elegante e requintada e está muito longe das tendências minimalistas do século XX, sublinhe-se.

Detalhes como os painéis de madeira e a tela dobrável em estilo chinês adicionam uma sensação instantânea de história e luxo. Esta é uma casa de banho que foi projetada para passar o tempo, afirma a QS Supplies.

Fernando Botero - A casa de banho (1995)

Fernando Botero é o autodenominado “mais colombiano dos artistas colombianos”. Pinta num estilo "realista pós-abstrato" mais sucintamente conhecido como Boterismo. 

As suas fotografias evocam um mundo realista filtrado pela memória, figura, acessórios e móveis da casa de banho para parecerem mais reais do que o real. “É para torná-los sensuais que deixo meus personagens crescerem”, diz Botero.

Botero pintou várias cenas de casas de banho que tendem a parecer íntimas, em vez de claustrofóbicas.

Nesse sentido, se estiver a trabalhar com um espaço apertado em casa, tente expandi-lo com cores brilhantes e sem padrões, com uma banheira independente (para acentuar o espaço).

Carl Larsson - Cena da casa de banho- Lisbeth (1909)

Carl Larsson foi um pintor sueco nascido em 1853. E Lisbeth, na foto, é a quarta dos seus oito filhos.

Karin Bergöö, esposa de Larsson, também era artista. Enquanto criavam família, muito do seu poder criativo foi para o design de interiores da sua casa de madeira, Lilla Hyttnäs, num estilo Arts and Crafts.

Nesse sentido, a casa de banho de Larsson demonstra que não importa quanto dinheiro gasta, desde que preste atenção e priorize cada detalhe.

Leia Também: Roca lança soluções touchless: Impede o contacto com as mãos

Campo obrigatório