Meteorologia

  • 08 MAIO 2021
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 24º

Edição

Casas impressas em 3D começam a ser ...

Casas impressas em 3D começam a ser habitadas na Holanda

Inquilinos da primeira casa impressa em 3D na Holanda receberam suas chaves na passada sexta-feira, dia 30 de abril.

Projeto Milestone -

Casas impressas em 3D na Holanda. Primeiros inquilinos receberam a chave dia 30 de abril

Notícias ao Minuto

15:21 - 04/05/21 por Notícias ao Minuto 

Casa Casas impressas em 3D

No dia 30 de abril de 2021, os inquilinos da primeira casa impressa em 3D na Holanda receberam suas chaves. A casa em Eindhoven, a primeira de cinco dentro do projeto Milestone, cumpre totalmente com todos os rigorosos requisitos de construção do país. Se há apenas alguns anos a impressão 3D era vista com uma certa desconfiança, é agora uma tecnologia que veio para ficar, afirma a Archdaily.

A construção térrea desta casa na Holanda possui 94 metros quadrados de área útil, incluindo sala de estar e dois quartos. O seu formato lembra uma rocha, que se encaixa bem com o local natural e demonstra bem a liberdade de forma que é oferecida pela impressão 3D de concreto.

Graças ao seu isolamento extra espesso e uma conexão à rede de aquecimento, a casa é altamente confortável e eficiente em termos energéticos, sublinhe-se, com um coeficiente de desempenho energético de 0,25. 

Revela a equipa do projeto à Archdaily que foi desafiador imprimir as paredes inclinadas, mas o aprendizado no protótipo serviu para dominar a técnica nas próximas 4 edificações previstas.

O concreto é o material de construção mais usado no mundo há décadas e todos nós estamos familiarizados com ele, sabemos como é e onde é usado.

"Tradicionalmente, derramaram concreto em fôrmas de madeira ou metálicas", começa por explicar a equipa, em declarações à Archdaily, "e utilizamos muito mais do que o necessário construtivamente. Uma das grandes vantagens é que a impressora de concreto tem a capacidade de colocar concreto apenas onde for necessário construtivamente, sem sobrecargas às fundações e sem o desperdício de materiais."

Em princípio, as casas impressas podem ser construídas com muito mais rapidez, com mais flexibilidade e designs personalizados. A ambição dos parceiros deste projeto é que a impressão 3D de concreto se torne um método de construção sustentável que contribua para resolver o déficit habitacional.

Salienta ainda a Archdaily que as cinco casas do Projeto Milestone estão a ser construídas uma após a outra para que cada nova rodada de construção possa maximizar as oportunidades de aprendizado com as anteriores. 

Leia Também: Eis a primeira casa impressa em 3D legalmente habitável da Europa

Campo obrigatório