Meteorologia

  • 11 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

Edifício mais emblemático da área do...

Edifício mais emblemático da área do Estoril tem janelas eficientes

Vila Doroty foi alvo de uma intervenção de substituição das janelas existentes por janelas mais eficientes, pela empresa aderente ao CLASSE+, My Window.

Edifício mais emblemático da área do Estoril tem janelas eficientes

A Vila Doroty, um dos edifícios mais emblemáticos da área do Estoril, desenhada em 1942 pelo arquiteto lisboeta António Lino, no ano de 2019, foi alvo de uma reconstrução na qual a empresa aderente ao CLASSE+, My Window, foi convidada a colaborar na intervenção de substituição de vãos envidraçados, pode-se ler no site oficial da Classe+.

As janelas existentes foram substituídas por janelas mais eficientes, com vista à melhoria da eficiência energética do edifício e do conforto proporcionado no seu interior.

Saliente-se que para este projeto foram escolhidas soluções de janelas em alumínio com núcleo central em PVC, equipadas com vidro triplo de controlo térmico e solar.

Proteção solar/visual integrada na janela, folha e dobradiças ocultas foram algumas características escolhidas para complemento da solução. As janelas My Window deste projeto aliam conforto térmico excecional (classe energética A+), excelente nível de atenuação acústica e estética inconfundível, sublinhe a marca.

A Etiquetagem Energética de Produtos CLASSE+

A marca “CLASSE+”, desenvolvida pela ADENE, serve para a etiquetagem energética voluntária de produtos, afirmando o importante contributo deste instrumento para a aceleração da eficiência energética nos edifícios, refere a ADENE.

A “CLASSE+” substitui assim a anterior marca “SEEP”, assinalando a nova fase desta ferramenta de promoção da eficiência energética

O primeiro produto etiquetado pelo CLASSE+ são as janelas, cujo desempenho energético é classificado de F (menos eficiente) a A+ (mais eficiente), semelhante à etiqueta energética dos eletrodomésticos. Através desta referência à classe energética, é possível ao consumidor estabelecer, desde logo, um requisito mínimo para a eficiência energética da solução que se propõe adquirir, bem como comparar o desempenho entre diferentes propostas que receba.

Leia Também: Aprenda a melhorar a eficiência energética e hídrica em sua casa

Campo obrigatório