Meteorologia

  • 11 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

Lar Conselhos Todos merecem uma segunda oportunida...

Todos merecem uma segunda oportunidade e os móveis antigos também

Se tem móveis antigos lá por casa e não sabe o que fazer com eles, o Ekonomista agrupa algumas sugestões para lhes dar uma nova vida.

Todos merecem uma segunda oportunidade e os móveis antigos também
Notícias ao Minuto

15:24 - 01/04/21 por Ana Rita Soares 

Casa Restaurar móveis

É certo que, à primeira vista, pode ser difícil imaginar como tornar uma coisa velha e gasta em algo elegante e que parece novo. Todavia tal é possível e nem precisa de ter muito trabalho com isso, sustenta o Ekonomista

Reaproveitar móveis antigos é uma excelente forma de valorizar o património familiar e de dar uma nova oportunidade a uma peça. Assim, ao invés de ver um móvel a deteriorar-se, transforme-o.

Os móveis mais passíveis de serem reciclados são sofás, cadeiras, mesas, aparadores, secretárias, estantes e armários de arquivo. Mas, na verdade, apenas a sua criatividade e imaginação impõem o limite.

Ainda tem dúvidas sobre a reutilização de móveis antigos? 

Empresas grandes de mobiliário massificaram a produção e o consumo de móveis e elementos decorativos e, com isso, tornaram muitas casas semelhantes entre si. Uma peça restaurada confere à sua decoração individualidade e estilo.

Para além de que o mobiliário mais antigo é, geralmente, de maior qualidade do que o que existe atualmente, que facilmente se caracteriza por ser mais rapidamente degradado e descartável. Nesse sentido, são peças de maior valor económico, pelo que restaurá-las permite poupar dinheiro, pois nada do compraria equivale ao valor que a peça restaurada tem.

Saliente-se ainda que reciclar também se relaciona com o modo como lidamos com os objetos do dia a dia e com a utilidade e uso que lhe damos. E dar uma nova vida aos móveis antigos é uma das atitudes mais ambientalmente conscientes para mobiliar um espaço, anota o Ekonomista.

 Como dar nova vida aos móveis antigos?

  • Corrigir imperfeições

É comum haver pequenos danos em móveis antigos, sejam riscos, rachaduras, lascas, etc. Nesses casos, é importante aplicar um solvente na superfície que irá corrigir as imperfeições. Depois basta lixar a zona trabalhada.

  • Decapagem

Antes de pintar a peça, deverá proceder à decapagem, processo no qual se irá remover o acabamento antigo para dar espaço a um novo aspeto. Depois já é possível retirar a velha pintura com a ajuda de uma espátula, sendo que pode ser necessário repetir a operação, até obter o resultado esperado.

  • Acabamento

Por último, a aplicação de uma nova camada de tinta e acabamento para um visual totalmente novo. Pode pintar a peça toda de uma só cor, fazer alguns desenhos ou até usar stencils para criar padrões ao seu gosto.

Leia Também: É um dos 82% portugueses que desconhece o Home Staging?

Campo obrigatório