Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
35º
MIN 23º MÁX 38º

Vendas de veículos novos na UE caem 3% em maio

O registo de veículos novos na União Europeia caiu 3% em maio, com quedas em todos os principais mercados, exceto em Espanha, onde as vendas aumentaram 3,4%, segundo dados publicados hoje pela Associação Europeia de Construtores de Automóveis (ACEA).

Vendas de veículos novos na UE caem 3% em maio
Notícias ao Minuto

10:32 - 20/06/24 por Lusa

Auto União Europeia

As vendas de veículos novos caíram, em maio, em Itália (6,6%), Alemanha (4,3%) e França (2,9%) em relação a maio do ano passado, refere a associação europeia da indústria automóvel em comunicado.

Mas o valor acumulado entre janeiro e maio de 2024 na UE mostra um crescimento de 4,6%, com 4,6 milhões de unidades, afirmou a associação da indústria automóvel em comunicado.

Os dados colocam os automóveis elétricos a bateria com uma quota de mercado na UE de 12,5%, contra 13,8% um ano antes, após uma queda de 12% em maio, para 114.308 unidades.

A Bélgica e a França foram os únicos grandes mercados em que os veículos elétricos a bateria avançaram, com um crescimento de 44,8% e 5,4%, enquanto as vendas diminuíram significativamente na Alemanha (30,6%) e nos Países Baixos (11,7%) e, em menor medida, em Espanha (0,4%).

Entre janeiro e maio foram matriculados na UE 556.276 novos automóveis elétricos a bateria, o que representa um aumento de 2% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os híbridos elétricos, por outro lado, continuaram a expandir-se, crescendo de 25% para quase 30% do mercado, disse a ACEA, acrescentando que, apesar do declínio global do mercado, foi o único segmento a mostrar crescimento, com registos de 16,2% em maio, para mais de 272.568 unidades, disse a indústria.

As vendas de híbridos elétricos aumentaram fortemente em França (38,3%), Espanha (25,4%) e Itália (7,4%), enquanto a Alemanha registou um ligeiro declínio de 0,7%.

No que se refere aos híbridos 'plug-in', as matrículas diminuíram 14,7%, com quebras significativas na Bélgica (36,6%), em França (19,4%) e em Espanha (20,3%) e um ligeiro aumento na Alemanha (1,7%), que não foi suficiente para compensar a "tendência global negativa".

Este tipo de motor representou 6,5% do mercado em maio, com 59.333 unidades vendidas.

As vendas de veículos a gasolina e a gasóleo diminuíram 5,6%, para 323.551 unidades, o que fez com que a sua quota de mercado se situasse em 48,5%, contra 52,1% há um ano.

As vendas de veículos com motor de combustão diminuíram em França (20,3%) e em Espanha (1,8%), mas aumentaram em Itália (4,1%) e na Alemanha (2,1%).

Os automóveis a gasolina mantiveram uma quota de mercado de 35,5%, contra 36,5% há um ano, e os automóveis a gasóleo de 13%, tendo as vendas diminuído 11,4% para 118.733 unidades.

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório