Meteorologia

  • 13 JULHO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 25º

Pneus 'carecas'? Quando e como mudar o pneumático do carro

Estes podem ser os elementos mais importantes da sua viatura. Não os descure.

Pneus 'carecas'? Quando e como mudar o pneumático do carro
Notícias ao Minuto

14:01 - 17/06/24 por Notícias ao Minuto

Auto Segurança

Só há uma coisa que separa o carro da estrada: os pneus. Assim é essencial que se garanta que a qualidade destes quatro elementos de uma viatura estejam em bom estado, algo que pode influenciar não só a qualidade, bem como a segurança de uma viagem.

Os pneus tendem a ser uma das partes mais negligenciadas quando se trata de cuidar dos nossos veículos. Note-se, porém, que o seu estado tem influência no consumo de combustível, na estabilidade do automóvel e no conforto de condução.

Por esse motivo, o La Vanguardia falou com um especialista em pneus que partilhou aqueles que são os conselhos imprescindíveis para uns pneus impecáveis.

Segundo Enric Llimarga, chefe de formação na Pirelli, existem várias variáveis a influenciar a duração dos pneus de um carro - como a agressividade de condução ou o peso de carga que se transporta. Mas existem algumas dicas que devem ser comuns a todo o tipo de condutores. 

Como fazer a permutação?

A permutação consiste em trocar a posição dos pneus do carro, com o objetivo de prolongar a vida útil dos mesmos. Segundo o especialista, criou-se um mito de que a troca de pneus deveria seguir uma lógica de cruz, algo que está errado. Segundo o mesmo, o correto será trocar as rodas dianteiras, pelas traseiras, dado que desta forma maximiza o seu potencial para que todos os pneus se desgastem de modo uniforme e durem mais tempo.

Quando devemos fazer a permutação?

Se houver o hábito de trocar os pneus a cada 10 mil ou 12 mil quilómetros, isso permite prolongar a vida dos mesmos. Segundo este especialista, se o pneu tiver um pequeno desgaste, é possível corrigi-lo se for trocado nesta altura. Se não o fazer, vai piorar o desgaste do pneu e este ficará com danos durante toda a sua vida útil.

Sinais de que está na altura de mudar os pneus

As ranhuras do pneu são uma boa forma de perceber se o pneu está ou não em bom estado. As ranhuras devem ter um mínimo de 1,6mm de profundidade para circular, na Europa. Se as ranhuras do pneu forem menores que isto, esse será um sinal de que pode correr perigo. 

Perigos de andar com pneus 'carecas' 

Se os pneus não tiverem a tração correta, significa que estará a circular em menor segurança. Assim, as consequências são várias, entre elas o facto de a travagem não ser tão efetiva, como poder entrar em aquaplanagem em casos de chuva.

Assim, reforça o especialista,  as pessoas devem compreender que o pneu não é um capricho, mas sim a nossa segurança. 

Leia Também: Miguel Oliveira teve "problemas com o pneu da frente" na corrida sprint

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório