Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 20º

Max Verstappen vence primeira corrida sprint do ano no GP da China

O piloto neerlandês Max Verstappen (Red Bull) venceu hoje a primeira corrida sprint das seis previstas para a temporada de 2024 do Mundial de Fórmula 1, no Grande Prémio da China, quinta prova da época.

Max Verstappen vence primeira corrida sprint do ano no GP da China
Notícias ao Minuto

07:04 - 20/04/24 por Lusa

Auto Fórmula 1

O tricampeão mundial e líder do campeonato, que partiu do quarto lugar da grelha, terminou as 19 voltas com 13,043 segundos de vantagem sobre o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que foi segundo, e 15,258 segundos sobre o mexicano Sérgio Pérez (Red Bull), que foi terceiro.

O britânico Lando Norris (McLaren), que tinha a pole position para esta corrida sprint, reagiu tarde ao sinal de partida e viu-se ultrapassado por Hamilton, que saía do segundo lugar da grelha. Na luta para tentar recuperar a liderança, acabou por sair largo numa das primeiras curvas e afundou-se na classificação, não indo além da sexta posição final.

Estava ultrapassado o primeiro obstáculo para Max Verstappen assaltar o primeiro lugar. O neerlandês lançou-se na perseguição do espanhol Fernando Alonso (Aston Martin), que era, na altura, o segundo classificado. Demorou sete voltas para ultrapassar o antigo campeão do mundo, na curva 14, subindo ao segundo posto, a pouco menos de dois segundos do líder.

Parecia que se reeditava a luta pelo campeonato de 2021, mas a verdade é que Hamilton pouca luta deu ao tricampeão. Bastaram duas voltas para Verstappen se colar à traseira do Mercedes e consumar a ultrapassagem novamente na curva 14 do circuito de Xangai, que não recebia um Grande Prémio desde 2019, antes do início da pandemia da covid-19.

Assim que assumiu o comando, Verstappen não abrandou o ritmo, cavando uma distância superior a 13 segundos nas 10 voltas restantes, com um ritmo demolidor que o coloca como principal favorito à vitória na corrida principal de domingo.

Se o vencedor não teve grande contestação, a luta pelo degrau mais baixo do pódio foi intensa. Durante mais de metade da corrida foi Fernando Alonso a ocupar o terceiro lugar, mas servindo de tampão de um carrossel em que seguia o compatriota Carlos Sainz (Ferrari), Sérgio Pérez e o monegasco Charles Leclerc (Ferrari).

Sainz atacou Alonso, os dois carros tocaram-se e o Aston Martin acabou com o pneu dianteiro direito furado, levando à desistência de Alonso, já nas boxes.

Quem mais beneficiou foi Pérez, que aproveitou o duelo espanhol para ultrapassar os dois rivais em simultâneo, na mesma manobra.

Quando Alonso encostou às boxes, Sainz envolveu-se em nova luta corpo a corpo, agora com o companheiro de equipa na Ferrari, Charles Leclerc, que levou a melhor pela primeira vez esta temporada.

Este foi o oitavo triunfo de Verstappen em corridas sprint, desde que a novidade foi introduzida no campeonato, há dois anos, e permite-lhe reforçar o comando do campeonato, passando de 15 para 17 pontos de vantagem face a Sérgio Pérez, em segundo.

No domingo disputa-se a corrida principal desta quinta prova do ano.

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório