Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 28º

Ecrãs táteis são mais perigosos do que conduzir alcoolizado?

Se mexer no telemóvel retira tempo de reação, o mesmo se pode dizer dos sistemas multimédia dos automóveis.

Ecrãs táteis são mais perigosos do que conduzir alcoolizado?
Notícias ao Minuto

12:01 - 22/02/24 por Notícias ao Minuto

Auto Segurança

Os automóveis estão cada vez mais repletos de tecnologia e funções digitais. Se por um lado, acrescentam valor ao veículo, por outro podem ser um fator de distração para quem está ao volante. Correto? A resposta é afirmativa, segundo um estudo da IAM RoadSmart, uma organização independente de segurança rodoviária do Reino Unido.

Diz-nos este estudo que a utilização de ecrãs digitais num carro pode aumentar os tempos de reação do condutor e ser até mais perigoso do que conduzir embriagado.

De acordo com as estatísticas levantadas pelo estudo, os condutores afastavam a vista da estrada até 16 segundos quando utilizavam tanto o Android Auto como o Apple CarPlay. Este tempo equivale a percorrer mais de 500 metros, a 112 km/h.

Isto corresponde a um tempo de reação que aumenta para entre 53 e 57%. Já o tempo de reação de um condutor alcoolizado pode aumentar até 12% e um condutor que esteja sob efeito de cannabis para até 35%.

Ainda segundo este estudo da IAM RoadSmart, as distrações provenientes da utilização de tecnologia e do uso dos ecrãs digitais afeta principalmente as distância de deteção de um veículo e também o controlo da trajetória.

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório