Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 29º

Ex-piloto de Fórmula 1 acusada de atropelar mulher duas vezes e fugir

Carmen Jordá recusou-se a pagar um tratamento de estética de 300 euros.

Ex-piloto de Fórmula 1 acusada de atropelar mulher duas vezes e fugir
Notícias ao Minuto

20:16 - 23/03/23 por Notícias ao Minuto

Auto Carmen Jordá

A imprensa espanhola avança esta quinta-feira que Carmen Jordá, que já foi piloto de desenvolvimento das equipas Lotus e Renault na Fórmula 1, está a ser acusada de atropelar duas vezes uma mulher e fugir sem lhe prestar o devido auxílio.

De acordo com o El programa de Ana Rosa, da estação televisiva Telecinco, tudo terá acontecido no passado dia 9 de março, com a denúncia a ter sido apresentada dia 15 deste mês. A denúncia revela que Carmen Jordá se deslocou a uma clínica de estética na cidade espanhola de Pozuelo.

Após a realização do tratamento de estética, a antiga piloto foi informada de que teria de pagar a conta de cerca de 300 euros, algo que a própria recusou. "Não tenho de pagar nada, tenho um acordo comercial com o seu patrão", terá dito a espanhola.

Na sequência de uma discussão mais acesa dentro do centro de estética, a piloto tentou deixar o local e foi impedida pela funcionária. Carmen Jordá saiu do local, entrou no seu Maserati e atropelou a mulher em causa.

"Carmen arrancou o carro dela, meteu a mudança de marcha-atrás e acertou no meu corpo várias vezes. Eu fui ter com ela para perguntar-lhe se estava ciente da barbaridade que estava a fazer e ela respondeu: 'Se te estou a atropelar, sai daqui'", alegou a suposta vítima, em direto para o programa, que deu a entender que a espanhola a atropelou numa segunda ocasião.

"Ela fez marcha-atrás, acertando no meu corpo. Eu sou atirada uns três ou quatro metros e caí sobre os veículos que estavam estacionados no lado oposto. Depois disto, Carmen Jordá saiu com pressa do local, circulando com a porta do copiloto aberta. A minha chefe também teve de se afastar", vincou.

"Desde que aconteceu, sofro de ansiedade generalizada. Estou muito nervosa e tenho dificuldade em dormir, tenho um comportamento apático. Não tenho vontade de falar nem de sair à noite. Não encontro uma explicação lógica para o comportamento de Carmen Jordá", finalizou.

A mesma estação televisiva espanhola confrontou Carmen Jordá com esta denúncia, mas a piloto acabou por não responder.

De referir que além de ter participado em testes da Fórmula 1, Carmen Jordá competiu em outras provas de automobilismo, como GP3, Indy Lights e Le Mans Series.

Leia Também: Mulher de Schumacher "vive como uma prisioneira": "Não vai a festas..."

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório