Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
22º
MIN 22º MÁX 37º

Mercado automóvel caiu 9,4% para 89.982 veículos matriculados

O mercado automóvel caiu, no primeiro semestre deste ano, 9,4%, em termos homólogos, para 89.982 veículos matriculados, sendo que 10,1% dos veículos ligeiros de passageiros novos eram elétricos, adiantou hoje a ACAP - Associação Automóvel de Portugal, em comunicado.

Mercado automóvel caiu 9,4% para 89.982 veículos matriculados

"No primeiro semestre de 2022, foram colocados em circulação 89.982 novos veículos, o que representou uma diminuição de 9,4% relativamente a 2021 e uma diminuição de 27,5% em comparação com o mesmo período de 2019", pré-pandemia, lê-se na mesma nota.

No que diz respeito ao mês de junho, "foram matriculados pelos representantes legais de marca a operar em Portugal 18.087 veículos automóveis, ou seja, menos 18,6% do que no mesmo mês de 2021 e menos 39,2% quando comparado com junho de 2019", indicou a ACAP.

No segmento de automóveis ligeiros de passageiros, a associação revelou que entre janeiro e junho de 2022 "as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 75.449 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 7,4% relativamente a período homólogo de 2021", sendo que, "em comparação com o mesmo período do ano de 2019, o mercado registou uma queda de 28,7%".

A ACAP detalhou ainda que no primeiro semestre deste ano "38,9% dos veículos ligeiros de passageiros matriculados novos eram movidos a outros tipos de energia, nomeadamente elétricos e híbridos. Em particular, verifica-se que 10,1% dos veículos ligeiros de passageiros novos eram elétricos", disse a associação.

Por outro lado, "no mês de junho de 2022 foram matriculados em Portugal 15.510 automóveis ligeiros de passageiros novos, ou seja, menos 18,1% do que no mesmo mês do ano de 2021", referiu a ACAP, acrescentando que, "em comparação com junho de 2019, o mercado registou também uma queda de 38,7%".

Os dados da associação mostram ainda que o mercado de ligeiros de mercadorias registou, em junho, "uma evolução negativa de 30,5% face ao mês homólogo do ano de 2021, situando-se em 1.943 unidades matriculadas", e que, "quando comparado com o mesmo mês de 2019, verifica-se também um decréscimo de 47%".

Paralelamente, em termos acumulados, este mercado "atingiu 11.730 unidades, o que representou um decréscimo de 23,4% face ao ano de 2021 e uma queda de 24,5% em comparação com o ano de 2019".

Por fim, quanto ao mercado de veículos pesados, que "engloba os tipos de passageiros e de mercadorias, em junho de 2022 verificou-se um aumento de 26,8% em relação ao mês homólogo de 2021, tendo sido comercializados 634 veículos desta categoria", sendo que, "em comparação com o mesmo mês de 2019, o mercado registou uma queda de 17,9%".

Analisando o primeiro semestre de 2022, a ACAP concluiu que "as matrículas desta categoria totalizaram 2.803 unidades, o que representou um aumento do mercado de 9,2% relativamente a 2021 e um aumento de 7,2% quando comparado com o ano de 2019".

Leia Também: Tenciona mudar a cor do seu carro? Este é o valor a pagar ao IMT

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório