Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 30º

Antigo lavadouro do Luso vai ser espaço museológico dedicado ao automóvel

O antigo lavadouro da vila do Luso vai ser transformado num espaço museológico dedicado ao automóvel, num investimento estimado em cerca de 150 mil euros, revelou hoje a Câmara Municipal da Mealhada.

Antigo lavadouro do Luso vai ser espaço museológico dedicado ao automóvel
Notícias ao Minuto

07:16 - 28/04/22 por Lusa

Auto Mealhada

"Intervir neste local e manter toda a sua traça original será a pretensão principal desta intervenção, garantindo, assim, uma linguagem arquitetónica também de referência para um ponto turístico, que pode e deverá ser visitado por todos, ocupando cada canto do seu edificado e dando a todos a alegria da história do automóvel na vila", sublinhou o presidente da Câmara Municipal da Mealhada, António Jorge Franco.

Em comunicado, esta autarquia do distrito de Aveiro informou que o antigo lavadouro da vila do Luso, situado junto ao lago do Luso e ao Pavilhão Gimnodesportivo, vai ser objeto de uma obra de reabilitação.

"O edifício, entregue à Câmara Municipal da Mealhada pela Junta de Freguesia do Luso, por um período de 10 anos renováveis, já tem projeto executado, estando em curso a apresentação de candidatura para execução da obra", avançou.

Ao antigo lavadouro da vila do Luso, "outrora lugar de encontro, onde as pessoas trabalhavam na limpeza das suas roupas e utensílios", vai ser atribuído "um uso turístico e de promoção, ao mesmo tempo que os habitantes vão poder continuar a usá-lo".

"O objetivo da intervenção será atribuir-lhe uma função não só de espaço museológico, relacionado com o automóvel na vila do Luso, mas também um lugar para acolher várias exposições itinerantes. Paralelamente, e aproveitando toda a estrutura construída, o espaço de lavadouro, ainda em funcionamento, vai ser reabilitado, passando a ter mais condições e maior segurança", esclareceu.

De acordo com o Município da Mealhada, o edifício será organizado em duas entradas independentes: "uma entrada para o atual espaço de lavadouro, criando-se, para tal, uma rampa de acesso direto ao espaço, onde se localizam os tanques; e uma entrada para o espaço museológico e de exposição, que comunicará internamente com um local administrativo, o espólio e o pátio central exterior".

"A intervenção recairá, para além da composição espacial interior, numa recuperação integral de toda a envolvência, desde a cobertura até ao pavimento, passando pelas paredes existentes", acrescentou.

Com uma área que se aproxima dos 250 metros quadrados, este "é hoje um espaço devoluto, com ausência de movimento".

"Das dezenas de tanques que ali existiam, 'sobrevivem' apenas nove unidades que ainda executam as suas funções e são atualmente utilizados", apontou.

A nota da autarquia da Mealhada aludiu ainda ao facto de o automóvel ter ficado enraizado neste local desde os anos 80 do século passado, momento em que a Serra do Bussaco foi palco do Rally TAP Portugal (atual Rally de Portugal).

"Com o passar dos anos, a história do automóvel, que se foi mantendo, foi enaltecida e ainda mais valorizada. Inúmeras provas foram criadas, até aos dias hoje, e muitas pessoas foram recordando a história do automóvel com uma presença assídua na vila do Luso e no Bussaco", justificou.

Recomendados para si

;

Gosta de automóveis? Toda a informação num clique

Seja a Gasolina, diesel, elétricos, hidrogénio e dicas, acompanhe as mais recentes novidades sobre desporto motorizado

Obrigado por ter ativado as notificações de Auto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório