Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2017
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 16º

Edição

"O que o Paulo sofreu desde Setembro, só eu e ele sabemos"

A economista e escritora Helena Sacadura Cabral, mãe do actual vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, revela, em entrevista ao Diário Económico, que o que o filho “sofreu de Setembro até agora” só ambos sabem. Sacadura Cabral salienta ainda que “o Governo já deu o que tinha a dar”.

Notícias ao Minuto

08:42 - 05/08/13 por Notícias Ao Minuto

Política Helena Sacadura Cabral

“O que o meu filho sofreu de Setembro do ano passado até agora, só eu e ele sabemos”. A declaração pertence à economista e escritora Helena Sacadura Cabral, mãe do líder do CDS e actual vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, que em entrevista publicada na edição desta segunda-feira do Diário Económico conta que “que tinha uma esperança enorme” que Portas abandonasse, efectivamente, o Executivo de Passos Coelho.

Uma “esperança”, aliás, que, diz, a “levaria a Fátima”. Até porque na opinião de Helena Sacadura Cabral, este Governo “já deu o que tinha a dar, mas como foi eleito por quatro anos, pronto…”, acrescentando, porém, que sabe separar as águas e, como tal, “nunca faltará a [Portas] enquanto mãe”.

A escritora assinala que a forma como o ex-ministro das Finanças, Vítor Gaspar

“abandonou o barco” foi “lamentável”. Relativamente ao facto de Paulo Portas ter voltado com a palavra atrás, mantendo-se no Governo após ter anunciado a sua demissão a título “irrevogável”, Sacadura Cabral comenta apenas que “sabemos muito pouco do que está por trás de todas estas coisas”. No entanto, frisa, “acho que houve aqui muitos romances”.

“Para o Paulo voltar atrás com uma decisão, há-de ter tido alguma garantia suponho eu, estou a falar como cidadã e não como mãe, de que não entrará em conflito”, observa a economista.

Quanto às novas funções que o filho abraçou no Executivo, Helena Sacadura Cabral refere que “é uma brutalidade de uma pasta”. Ainda assim, garante que o filho “tem arcaboiço” para tal, “é o ‘bulldozer’ de trabalho (…) está casado com a política, não é isso que me preocupa. Preocupa-me um dia poder dar-lhe um AVC e ir desta para melhor”, remata a mãe do vice-primeiro-ministro.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório