Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Soares atira-se (com tudo) a Cavaco

O antigo Presidente da República, Mário Soares, dispara em todos os sentidos no que à postura do actual chefe de Estado, Cavaco Silva, diz respeito. Embora as suas diferenças sejam públicas, o histórico socialista reforça-as no âmbito de um artigo de opinião que assina esta terça-feira no Diário de Notícias, acusando Cavaco de ter deixado de ser o “Presidente de todos os portugueses”.

Soares atira-se (com tudo) a Cavaco
Notícias ao Minuto

08:22 - 30/04/13 por Notícias Ao Minuto 

Política Críticas

“Na verdade, parece que o Presidente deixou de ser de todos os portugueses e partidariamente neutral – como manda a Constituição – para passar a ser o chefe efectivo do Governo, como já tinha dito Sócrates”. Esta é a leitura que o antigo Presidente da República, Mário Soares, faz do discurso do 25 de Abril de Cavaco Silva, apelidando-o de “partidário” e de “anticonstitucional”.

Num artigo que assina hoje no Diário de Notícias, Soares considera que se tratou de “um discurso que revelou uma personalidade de alguém que raramente fala, que cai em contradições e que os portugueses, como as sondagens revelam, não tomam, nos últimos tempos, muito a sério”.

Não obstante, para o histórico socialista, a intenção de Cavaco teve o efeito contrário do pretendido, sendo que “o Governo, como os dias seguintes têm vindo a comprovar, está não só paralisado (…) mas mais: desarticulado, com cada ministro a pensar pela sua cabeça nas últimas reuniões”.

Soares deixa ainda um conselho ao ministro dos Negócios Estrangeiros. “Paulo Portas não pode continuar a dar uma no cravo e outra na ferradura”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório