Meteorologia

  • 25 JUNHO 2018
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Bloco de Esquerda vai insistir na legalização da canábis

“Queremos que 2016 seja o ano da legalização”, diz o deputado Moisés Ferreira.

Bloco de Esquerda vai insistir na legalização da canábis
Notícias ao Minuto

14:59 - 29/12/15 por Notícias Ao Minuto

Política Drogas

Agora que tem um acordo assinado com o PS, o Bloco de Esquerda vai insistir na despenalização do consumo e plantação de canábis.

O que os bloquistas consideram é que a proposta para legalizar cultivo pessoal até dez plantas e posse de quantidades não podem exceder o consumo médio para 30 dias traz mais segurança e afasta as redes de tráfico.

“É um compromisso que temos. Queremos que 2016 seja o ano da legalização. Houve uma evolução dos outros partidos desde que apresentámos a primeira proposta. Na última votação o PS absteve-se e alguns deputados votaram a favor. Temos condições reforçadas para a aprovação e a melhoria da legislação atual. O PCP também tem feito uma evolução nesta questão”, disse ao Diário de Notícias o deputado Moisés Ferreira.

Durante a legislatura, o Bloco de Esquerda tenciona ainda apresentar uma proposta no sentido de criar salas de consumo assistido, por considerar que “é preciso garantir aos consumidores de drogas duras condições de higiene e de saúde pública e que os centros podem contribuir para a segurança e para a passagem à reabilitação”.

Na perspetiva do presidente do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), é preciso cautela para legalizar a canábis.

“Os países da América Latina que deram o salto têm um problema judicial com as redes de tráfico. Temos tempo para ver os resultados destes ensaios. No mínimo deveríamos esperar cinco anos”, entende João Goulão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.