Meteorologia

  • 20 JULHO 2018
Tempo
25º
MIN 22º MÁX 27º

Edição

"Sócrates foi um primeiro-ministro com visão"

O antigo líder do PSD, Pedro Santana Lopes, disse hoje em entrevista ao jornal Público que José Sócrates foi um “primeiro-ministro com visão em várias áreas”, considerando “ridícula” a ideia de que o socialista foi o “culpado por tudo o que se passa em Portugal”.

"Sócrates foi um primeiro-ministro com visão"
Notícias ao Minuto

09:51 - 16/03/14 por Notícias Ao Minuto

Política Santana Lopes

Pedro Santana Lopes recusa-se a “fustigar” José Sócrates e garante que o ex-primeiro-ministro não pode ser o culpado por tudo o que se passa no país até porque durante o mandato “tomou muitas boas medidas”.

“Eu não sou daqueles que fustiga o engenheiro Sócrates a dizer que ele é o culpado por tudo o que se passa em Portugal. Acho essa ideia absolutamente caricata e ridícula”, começa por dizer o social-democrata em entrevista ao jornal Público.

Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa há quase três anos, Santana Lopes frisa que “a principal culpa pelo que se passa em Portugal são fatores externos”, lembrando que Sócrates se “desorientou” no final do mandato e “tomou muitas medidas erradas”, mas, no entanto, ressalva que “durante vários anos desenvolveu políticas corretas e tomou muitas medidas boas”.

“Foi um primeiro-ministro com visão em várias áreas”, garante, acrescentando ainda que “era vários deuses ao mesmo tempo, depois caiu em desgraça e passou a ser o culpado de tudo”.

O social-democrata sublinha ainda que José Sócrates foi um “primeiro-ministro com várias qualidades, um chefe de Governo com autoridade e capaz de impor a disciplina no seio do seu governo”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.