Meteorologia

  • 20 JULHO 2017
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 22º

Edição

Centro Hospitalar do Algarve não ouviu sindicato sobre novo regulamento

A delegação regional do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) acusou hoje o Centro Hospitalar do Algarve (CHA) de ter elaborado um novo regulamento interno, homologado em fevereiro, sem ter consultado previamente os sindicatos.

Centro Hospitalar do Algarve não ouviu sindicato sobre novo regulamento
Notícias ao Minuto

15:30 - 20/03/17 por Lusa

País Enfermeiros

O documento, homologado a 07 de fevereiro e ao qual a Lusa teve acesso, estabelece a criação de dois subdiretores clínicos, designando separadamente os serviços de Faro e de Portimão, o que já antevê a separação das unidades hospitalares de Faro e Portimão, anunciada em dezembro.

"Da análise do regulamento interno ficam dúvidas, nomeadamente, se vão separar os hospitais ou se serão criadas uma ou duas Unidades Locais de Saúde e ainda qual a implicação prevista de atividades complementares asseguradas por terceiros", refere o SEP em comunicado divulgado hoje, no dia em que a comissão parlamentar de Saúde visita o Algarve.

Por outro lado, o SEP questiona também a razão para a criação de dois polos hospitalares com estruturas de governação intermédias, constituídas por administrador executivo, subdirector clínico e enfermeiro subdiretor, "quando uma das justificações para a criação do centro hospitalar era a poupança".

Aquele sindicato congratula-se com o facto de o novo regulamento prever uma direção de enfermagem, o que dizem estar de acordo com a lei, mas questiona a criação de uma comissão de apoio à gestão de enfermagem, que considera ser "redundante" com a Comissão Executiva Permanente da Direção de Enfermagem.

Para discutir o conteúdo do documento, o SEP vai reunir-se na quarta-feira com o Conselho de Administração do CHA.

Durante dois dias, a comissão parlamentar de Saúde estará no Algarve, estando prevista para hoje uma reunião conjunta com a administração do CHA, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, diversos sindicatos e a Universidade do Algarve.

Na terça-feira, a Comissão de Saúde visitará a Delegação Regional do INEM, em Faro, e o Centro de Medicina Física e de Reabilitação do Sul, em São Brás de Alportel.

A separação do CHA começou a ser discutida em dezembro passado, altura em que a ARS/Algarve iniciou um estudo que apontou no sentido da continuidade do modelo conjunto dos hospitais de Lagos e de Portimão e a cisão entre estes e o Hospital de Faro.

O Centro Hospitalar do Algarve (CHA) entrou formalmente em funcionamento a 01 julho de 2013, ficando com a competência de gestão dos hospitais públicos do Algarve, na sequência da extinção do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio e do Hospital de Faro.

Campo obrigatório