Meteorologia

  • 24 AGOSTO 2017
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Pagar quatro milhões? "Estou convicto que foi uma barbaridade de decisão"

Sobre o processo Operação Marquês apenas diz que, no que a si diz respeito, as notícias têm o propósito de formar uma opinião pública contra si.

Pagar quatro milhões? "Estou convicto que foi uma barbaridade de decisão"
Notícias ao Minuto

10:30 - 20/03/17 por Notícias Ao Minuto

País Ricardo Salgado

Ricardo Salgado disse esta segunda-feira considerar "uma barbaridade" a decisão do Banco de Portugal de o condenar a pagar quatro milhões de euros. À entrada do tribunal de Santarém (onde está apenas para ouvir as testemunhas), Salgado evidenciou ainda que tem "muitas testemunhas" do lado dele, na sua maioria empresários que o BES "ajudou muito".

Parco em palavras, Ricardo Salgado, conhecido outrora por 'dono disto tudo', sugeriu que no processo que o envolve, a verdade foi várias vezes enviesada no sentido de o tornar culpado. "Constatamos isso em várias oportunidades do processo", afirmou. Contudo, ressalvou que o "julgamento foi parcial" e que tem esperanças que o mesmo seja correto.

Questionado pela jornalista da RTP sobre o facto de ter sido condenado a pagar os quatro milhões de euros, limitou-se a dizer que não poderá recusar pagar aquilo que o BdP vier a decidir.

"Mas estou convicto de que foi uma barbaridade de decisão", afirmou. Salgado referiu ainda que "felizmente" tem muitas testemunhas de vários quadrantes, "muitos empresários que sabem do apoio que o banco deu nos momentos difíceis. E nós ajudámos muitos empresários em Portugal, nos bons momentos e nos maus".

Instado a comentar o processo Operação Marquês, Salgado sublinhou que o segredo de justiça tem sido constantemente violado, pelo que o próprio não o iria fazer.

Sobre o processo e no que lhe diz respeito, a quebra do segredo de justiça "vem nitidamente no sentido de formar uma opinião pública contra a minha pessoa, mas estou de consciência completamente tranquila", disse.

Recorde-se que Ricardo Salgado fez um pedido de impugnação contra a ordem do BdP do pagamento de quatro milhões de euros e inibição do exercício de cargos e funções em instituições financeiras durante 10 anos, depois de ter sido acusado de gestão danosa.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório