Militar da GNR usa farda de trabalho para fazer 'striptease'

A GNR suspendeu de funções um militar da corporação que esteve num estabelecimento de diversão noturna fardado e a utilizar material que é usado em serviço operacional, indicou hoje aquela força de segurança. O militar fez striptease e existem fotografias a circular nas redes sociais.

País Suspensão

Militar da GNR usa farda de trabalho para fazer 'striptease' © Facebook

Militar da GNR usa farda de trabalho para fazer 'striptease' © Facebook

Militar da GNR usa farda de trabalho para fazer 'striptease' © Facebook

1 / 3
Militar da GNR usa farda de trabalho para fazer 'striptease'

Militar da GNR usa farda de trabalho para fazer 'striptease' © Facebook

1 / 3
© Facebook

Segundo a GNR, o militar suspenso pertence ao efetivo do Comando Territorial do Porto e estava fora do horário de serviço quando se deslocou fardado ao estabelecimento de diversão noturna. O cabo da GNR fez, inclusive, um espetáculo de striptease utilizando a farda de serviço, existindo fotografias a circular pelas redes sociais.

PUB

Numa nota, a Guarda Nacional Republicana refere que, durante o fim de semana, "detetou, nas redes sociais, imagens de um indivíduo num estabelecimento de diversão noturna a usar fardamento e material utilizado por militares da instituição no serviço operacional".

"No seguimento de diligências realizadas, a GNR apurou que se trata de um militar da instituição, pertencente ao efetivo do Comando Territorial do Porto, pelo que foi imediatamente suspenso de funções", adianta a corporação.

A GNR está já a realizar um "processo de averiguações para apuramento de responsabilidade disciplinar e a ser elaborada a correspondente participação às entidades judiciais competentes".

[Notícia atualizada às 17h34]

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser