ONG egípcias denunciam repressão de "dezenas de ativistas"

Seis ONG egípcias denunciaram hoje a detenção de "dezenas de ativistas" numa nova campanha de repressão desencadeada pelo regime egípcio, que desde 2013 tenta silenciar a contestação à política do presidente Abdel Fattah Khalil al-Sisi.

© Reuters
Mundo Direitos humanos

Entre os detidos as ONG referem-se a Sayed Mohamed al Sayed e Karim Ahmed Yusef, acusados de publicar notícias falsas que comprometem o regime e a "integridade" do sistema judicial, e incitar a protestos e à desobediência, para além de insultos ao presidente nas suas páginas do Facebook.

PUB

Mencionam ainda um membro do partido Pão e Liberdade, Mohamed Walid, detido na cidade setentrional do Suez e acusado de "sedição" e de "propagar rumores nas redes sociais contra as instituições do Estado, o exército, a polícia e o sistema judicial".

As organizações, onde se inclui a Rede árabe para a informação dos direitos humanos, também denunciam a detenção de outras 11 pessoas, todas ativas nas redes sociais, e com várias acusadas de ligações a um "grupo terrorista".

O comunicado sublinha que esta campanha coincide com uma recente proposta parlamentar apresentada pelo chefe do Comité de defesa e segurança nacional, Kamel Amer, para agravar as penas de prisão por insultos ao chefe de Estado.

As organizações apelam à sociedade civil e aos partidos políticos para se oporem às "tentativas de impor um ambiente de medo e de estabelecer um Estado policial", conclui a nota.

Al-Sisi subiu ao poder após o golpe militar de julho de 2013 que afastou o então presidente egípcio, o islamita Mohamed Morsi, o primeiro chefe de Estado eleito por sufrágio universal no país árabe.

Dezenas e milhares de pessoas foram detidas e muitos milhares mortas, condenadas à morte ou estão desaparecidas desde o golpe militar, uma situação que tem sido denunciada com insistência por diversas organizações internacionais de direitos humanos.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser